Mato Grosso, 20 de Setembro de 2019
Saúde
Hipertensão
10.09.2019
FONTE: Rafaela Carlini Marin

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Rafaela Carlini Marin é nu​tricionista graduada pela Universidade Federal do Mato Grosso e pós graduanda em Nutrição Clínica Funcional com Ênfase em Ortomolecular e Fitoterapia. - Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal

De acordo com o Vigitel 2018, uma a cada quatro pessoas possui hipertensão arterial no Brasil. Este é um dado que vem crescendo a cada ano, principalmente entre os idosos. O mesmo inquérito mostra que a porcentagem de hipertensos após os 60 anos já chega ao nível de 60,9%.

 

De acordo com a Sociedade Brasileira de Hipertensão, “Hipertensão é ter a pressão arterial, sistematicamente, igual ou maior que 14 por 9.” Ela ataca os vasos sanguíneos, coração, rins e cérebro aumentando assim o risco de infarto, insuficiência cardíaca e AVC (Acidente Vascular Cerebral).

 

E você já se perguntou quais são os fatores desse aumento no número de hipertensos? Um dos principais fatores é o alto consumo de industrializados que possuem elevado teor de sódio, este faz a pressão arterial subir e com a constante elevação, o indivíduo adquire a hipertensão arterial. A falta de atividade física, sedentarismo, consumo de bebidas alcoólicas e cigarro também são fatores importantes quando falamos desta doença crônica.

 

Além da redução de sódio é importante que os níveis de potássio no organismos estejam adequados para que haja o equilíbrio de água no nosso corpo. Enquanto o sódio retêm líquido, o potássio, por sua vez, faz a excreção do mesmo, fazendo assim, com que as células estejam com quantidade de água adequada.

 

Havendo esse equilíbrio o sistema cardiovascular funciona adequadamente, prevenindo e/ou melhorando a hipertensão arterial. O consumo de potássio também é importante para praticantes de atividades físicas, pois ele está presente nas reações musculares, e seus níveis adequados previnem câimbras e lesões.

 

Os alimentos fonte de potássio são abacate, amêndoas, espinafre, batata, beterraba, banana, brócolis e aipo.

 

Rafaela Carlini Marin é nu​tricionista graduada pela Universidade Federal do Mato Grosso e pós graduanda em Nutrição Clínica Funcional com Ênfase em Ortomolecular e Fitoterapia 

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

ARTIGOS RELACIONADOS
ENVIE SEU COMENTÁRIO