Mato Grosso, 19 de Outubro de 2019
Variedades
Lucas Paquetá sofre com críticas na Milan e busca melhor adaptação no elenco
01.10.2019
FONTE: CSI

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Lucas Paquetá sofre com críticas na Milan e busca melhor adaptação no elenco

Após um começo promissor e de bom futebol, o meia Lucas Paquetá tem encontrado dificuldades para se firmar no elenco do Milan. O brasileiro sofre com algumas críticas de torcedores e jornalistas italianos, seja pelo pouco futebol apresentado ou então pela postura fora dos gramados. O jogador é uma das principais apostas de Tite para o futuro da Seleção Brasileira, mas pode acabar perdendo espaço pelo pouco tempo de jogo na Itália.

 

Paquetá assinou com o Milan no final de 2018, após uma negociação longa com o Flamengo e o pagamento de R$ 150 milhões pelo passe. O brasileiro foi recebido como estrela e, logo nos primeiros jogos, mostrou algum potencial. Diferentes jornais italianos afirmaram que o meia parecia atuar como um veterano, mesmo tendo apenas 21 anos na época. Até o final da emporada 2018/2019, Paquetá realizou 17 jogos, marcou um gol e deu três assistências.

 

No entanto, após quase 10 meses de Milan, a vida do meia no clube ficou mais complicada. Paquetá não foi bem na pré-temporada e nem nos primeiros jogos do Campeonato Italiano. Ele acabou sofrendo com algumas críticas de torcedores e jornalistas, que esperavam mais do brasileiro. Até o comportamento fora de campo virou motivo para possíveis problemas, inclusive com o treinador Marco Giampaolo.

 

Ainda com muito espaço para crescer, Lucas Paquetá precisa reencontrar o bom futebol para ajudar o Milan na temporada. O time italiano ainda sonha em voltar a conquistar títulos importantes, algo que não acontece desde 2011. Os melhores prognósticos de futebol colocam a equipe como uma das candidatas na disputa pelo título da Série A, mas tirar a hegemonia da Juventus não será tarefa fácil. Por isso, o brasileiro é tão importante e cria tanta expectativa entre torcedores e comissão técnica do clube.

 

Paquetá na Seleção

O momento ruim do meia também é um sinal de alerta na Seleção Brasileira. Paquetá tem a confiança de Tite, tendo sido convocado na Copa América e também nos amistosos contra Colômbia e Peru, mas não é uma unanimidade. Ele realizou sete jogos sob o comando do treinador e também afirmou que sonha em disputar o Mundial de 2022. Porém, a falta de tempo de jogo pode prejudicar os planos do jogador até lá.

 

A disputa no meio de campo da Seleção é complicada, tendo bons nomes experientes e com histórico positivo na posição titular. Philippe Coutinho, por exemplo, já fez mais de 50 jogos com a camisa amarelinha e é peça-chave para Tite. Por isso, render bem no clube será essencial para conseguir uma vaga nos próximos convocados até 2022. As Eliminatórias, que começam no ano que vem, também serão essenciais para ganhar chance.

 

Lucas Paquetá enfrenta a primeira dificuldade na Europa, algo comum para quem chega no exterior tão jovem. Por isso, é um teste para mostrar a evolução do ex-jogador do Flamengo como mais maduro e pronto para enfrentar algumas dificuldades. Características necessárias para quem quer brilhar entre os melhores jogadores do mundo e também disputar espaço entre os titulares da Seleção Brasileira.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

ARTIGOS RELACIONADOS
ENVIE SEU COMENTÁRIO