Mato Grosso, 20 de abril de 2014
.:: Publicidade
Agronegócio

Em Porto Alegre, horta no topo de um edifício chama a atenção

Em 04 de novembro de 2013 as 08h28

Globo Rural apresenta série de reportagens sobre agricultura urbana.
No RS, técnicas aproveitam pequenos espaços na produção de alimentos.

Fonte: Globo Rural

http://www.expressomt.com.br/economia-agronegocio/em-porto-alegre-horta-no-topo-de-um-edificio-chama-a-atencao-83288.html

Porto Alegre tem quase 1,5 milhão de habitantes. À primeira vista é difícil associar agricultura com um monte de concreto, aço e vidro, mas no topo de um edifício da região central, em apenas 62 metros quadrados, Eduardo Solari mostra que é possível cultivar frutas e verduras.

A horta foi formada no prédio onde mora o uruguaio, que é coordenador de um movimento social.
As plantas são cultivadas pelo sistema de hidroponia e todo o alimento que necessitam é distribuído pela água que circula pelas calhas.

Como a hidroponia depende de estufa, as mudas ficam protegidas contra fenômenos climáticos, pragas e fuligem, já que estão em um ambiente urbano. É possível plantar no inverno e no verão. No inverno, por exemplo, a temperatura não baixa de 12ºC.

A manutenção da horta é feita em sistema de rodízio pelos próprios moradores do prédio e o espaço encanta quem chega, garante a socióloga Anna Simão, que mora lá.

A horta em Porto Alegre funciona desde 2011. O grupo já plantou tomates, pimentões e outros legumes, que depois são transferidos para a terra, em vasos. São ervas medicinais, temperos e até árvores frutíferas.

A produção média é de mil pés de alface e de rúcula por mês. As demais espécies são cultivadas apenas de forma experimental, por isso, não há contagem.

Segundo os agricultores urbanos, o consumo de água não chega a R$ 30 por mês. O resultado da produção é consumido pelos cuidadores e distribuído para movimentos sociais. Se tem excedente é vendido para o mercado do bairro. O lucro é usado na compra de sementes, insumos e também em cursos sobre produção sustentável.


Comentários

Topo

© ExpressoMT (2008 - 2014) - Todos os direitos reservados.

Fale conosco| Seja um parceiro| Quem somos| Mapa do site