Mato Grosso, 19 de dezembro de 2014
.:: Publicidade

Em alerta, autoridades confirmam primeiro caso de dengue tipo 4 em Nova Mutum

Em 22 de junho de 2012 as 12h18

Confirmação foi dada ontem após exames detalhados do paciente. Proximidade com Cuiabá e Várzea Grande, cidades que tiveram forte incidência do vírus, é preocupante.

Fonte: ExpressoMT/Edinaldo Nogueira

http://www.expressomt.com.br/matogrosso/em-alerta-autoridades-confirmam-primeiro-caso-de-dengue-tipo-4-em-nova-mutum-19171.html

Crédito: Divulgação
A Secretaria de Saúde de Nova Mutum informou ao ExpressoMT que está confirmado no município, o primeiro caso do novo vírus da dengue, trata-se do sorotipo “4”. O caso foi confirmado ontem, 21, após realização de exames detalhados do paciente em Cuiabá.  Segundo Luciane Mayer, coordenadora da Vigilância Epidemiológica, a preocupação é pela proximidade com Cuiabá e Varzea Grande, cidades que tiveram forte incidência do vírus.

Em 2009 Nova Mutum viveu uma grande epidemia de dengue sendo registradas na época, mais de 900 notificações. Desde então os números foram reduzidos drasticamente, porém de janeiro a 2ª quinzena de junho desse ano, mais de 200 notificações foram feitas, sendo que dessas, 125 foram diagnosticadas como sendo positivos para dengue.

De acordo com Marines Uhde, o município desenvolve um grande trabalho de prevenção, tanto que vários mutirões são realizados no decorrer do ano. Mas, segundo ela, não basta somente o poder público exercer sua parte. “É preciso um envolvimento de toda sociedade, uma simples latinha de refrigerante jogada na rua é suficiente para proliferação do mosquito da dengue”, argumenta.

Com o intuito de reduzir o numero de notificações e prováveis criadouros, a prefeitura inicia na próxima semana um grande mutirão de limpeza de lixo. O primeiro bairro a ser completado será o Parque do Sol, local onde tem sido alta a taxa de notificações.

Devido as notificações feitas a junho, a secretaria de saúde quer unir forçar com a comunidade para evitar uma nova epidemia. “A saúde do município está preparada para lidar com os casos de dengue, mas nós queremos o contrário, com isso pedimos a colaboração das crianças, jovens e adultos, um fiscalizando o outro e unidos em combate ao mosquito da dengue”, completa Marinês.


Comentários

Topo

© ExpressoMT (2008 - 2014) - Todos os direitos reservados.

Fale conosco| Seja um parceiro| Quem somos| Mapa do site