Mato Grosso, 30 de setembro de 2014
.:: Publicidade
Nacional

Criminoso assalta ônibus e estupra passageira no Rio

Em 04 de maio de 2013 as 20h31

Polícia pediu imagens do ônibus para tentar identificar o assaltante.
Crime aconteceu em veículo da linha 369, na altura de Guadalupe.

Fonte: G1

http://www.expressomt.com.br/nacional-internacional/criminoso-assalta-onibus-e-estupra-passageira-no-rio-61842.html

Passageiros de um ônibus da linha 369 (Bangu-Carioca) vivenciaram momentos de pânico durante um assalto ao veículo na Avenida Brasil, que teve início próximo à Favela do Muquiço, em Guadalupe, no Subúrbio do Rio de Janeiro, e durou um percurso de aproximadamente 23 km. De acordo com a Polícia Civil, durante o assalto, o criminoso armado agrediu e estuprou uma mulher, de aproximadamente 30 anos, que estava no coletivo. Agentes da 17ª DP (São Cristóvão), responsável pelas investigações, procuram o homem, que ainda não foi identificado.

O crime ocorreu por volta das 15h30 de sexta-feira (3), no entanto, a polícia divulgou o fato neste sábado (4). Há pouco mais de um mês, no fim de março, uma turista americana foi estuprada por mais de seis horas em uma van.

De acordo com o relato das vítimas na delegacia, após roubar os pertences dos ocupantes, o criminoso levou dez passageiros para a parte da frente do ônibus, agrediu com coronhadas e estuprou a passageira, enquanto o ônibus continuava em movimento. O assaltante desceu apenas no início da Avenida Brasil, próximo ao Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), na Zona Portuária. 
Em depoimento à polícia, o motorista do ônibus, Éder Costa Leite, contou que o criminoso fugiu, atravessando as pistas da Avenida Brasil, em direção ao campo de São Cristóvão, na Zona Norte.
A mulher estuprada é do Mato Grosso e moradora da Vila Aliança, Bangu, na Zona Oeste. Ela foi encaminhada ao Insituto Médico Legal (IML) para fazer exame de corpo delito e em seguida levada ao hospital para tomar um coquetel anti-HIV.

Imagens de câmeras
A polícia solicitou à empresa de ônibus as imagens da câmera de segurança, para identificar o criminoso. As vítimas contaram que o assaltante aparentava estar sob efeito de drogas, e tem cerca de 25 anos, é pardo e de cabelos escuros com um corte asa delta. Ele vestia uma blusa preta com detalhes brancos e uma calça jeans.

Em entrevista à Rádio CBN, neste sábado (4), o delegado Maurício Luciano, da 17ª DP (São Cristóvão), disse que será confeccionado um retrato-falado do assaltante estuprador.
"Já solicitamos à empresa, ontem mesmo, as imagens do coletivo, para a gente tentar identificar pelo menos a fisionomia do criminoso. Nós ouvimos também as outras vítimas, que serão encaminhadas ao setor de retrato-falado, assim como a própria vítima. Vamos verificar se há câmeras nos locais de embarque e desembarque do criminoso. Vamos tomar todas essas medidas para tentar identificá-lo o mais rápido possível", falou o delegado.

Outros casos de estupro
Em 20 de abril, um criminoso roubou uma clínica de depilação, em Bonsucesso, no Subúrbio, e estuprou uma mulher no local. De acordo com as investigações, o criminoso rendeu as funcionárias e as prendeu na cozinha da clínica, antes de violentar uma das recepcionistas.
Uma menina de 14 anos também foi vítima de estupro, na Praia do Leblon, na Zona Sul, no dia 17 de abril. O crime ocorreu no final da praia, quase na Avenida Niemeyer, via expressa que liga o bairro a São Conrado, na mesma região. Ela estava na companhia de uma amiga quando foi abordada pelo criminoso. A polícia já identificou o criminoso.

Turista estuprada em van
Em 30 de março, uma turista americana foi estuprada por três homens durante seis horas numa van que fazia o percurso Copacabana-Lapa. O namorado da vítima, também estrangeiro, estava no veículo, foi algemado, espancado com uma barra de ferro e roubado, assim como a mulher. Os criminosos alteraram o trajeto e seguiram para a Região Metropolitana. O casal foi liberado pelo grupo em Itaboraí, na Região Metropolitana. Um menor também foi detido por participação no crime.

Durante o tempo em que permaneceram com o a vítima e o namorado, os criminosos pararam em Niterói, usaram o cartão da mulher para comprar bebidas em um posto e sacar dinheiro em um Banco do Brasil. Em São Gonçalo, na Região Metropolitana, subiu o terceiro suspeito, que também estuprou a vítima. O caso ganhou repercussão na imprensa internacional.


Comentários

Topo

© ExpressoMT (2008 - 2014) - Todos os direitos reservados.

Fale conosco| Seja um parceiro| Quem somos| Mapa do site