Mato Grosso, 19 de Outubro de 2018
Esportes
Antônio Carlos vê Palmeiras em evolução e agora como time a ser batido no Brasileirão
10.10.2018
14:46
FONTE: G1

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • whatsapp_image_2018_10_10_at_15_03_41

    Antônio Carlos, zagueiro do Palmeiras — Foto: Felipe Zito

A vitória sobre o São Paulo no último sábado fez o Palmeiras mudar de patamar no Brasileirão. Agora com três pontos de vantagem na liderança, com 56 pontos contra 53 do Inter, o Verdão se isolou na primeira colocação do torneio e, nas palavras de Antônio Carlos, virou "o time a ser batido".

 

No próximo domingo, o Palmeiras recebe o Grêmio, no Pacaembu. Será mais um confronto direto, já que os gaúchos estão na quinta posição, com 51 pontos.

 

– Sabemos que vai ser uma partida muito difícil. Todo mundo já sabe que hoje, no campeonato que estamos vivendo, o time a ser batido é o nosso. Vamos manter o foco e a concentração. Temos um grande adversário pela frente, que é o Grêmio. Durante a semana vamos ver o que o professor Felipão vai falar para estar preparado e fazer uma ótima partida no domingo – afirmou Antônio Carlos, em entrevista coletiva nesta terça-feira.

 

A evolução do Palmeiras no Campeonato Brasileiro ocorreu depois da chegada de Felipão ao clube. Tanto que o treinador ainda não foi derrotado na competição até agora, com nove vitórias e três empates nas últimas 12 rodadas.

 

– O trabalho vem sendo feito desde o começo do ano e não pode mudar .O professor Felipão é um paizão para a gente, e estamos em processo de evolução. Até o último jogo do ano vamos continuar evoluindo. É importante para equipe estar bem, na ponta da tabela e ser campeã. Isso é bastante importante, continuamos focados, pensamento do elenco no mesmo objetivo – disse Antônio Carlos.

 

O Palmeiras terá desfalques importantes para enfrentar o Grêmio, no Pacaembu, no domingo. Com três cartões amarelos, Felipe Melo e Victor Luis terão de cumprir suspensão automática. Os convocados Gustavo Gómez e Miguel Borja também estão fora.

 

O lateral-direito Marcos Rocha, com uma lesão na panturrilha, será baixa por até quatro semanas. A lista de ausências pode aumentar na quinta-feira porque Diogo Barbosa e Mayke serão julgados no STJD por causa das expulsões contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil.

 

– Assim como o Palmeiras, eles têm baixa no elenco. Vai ser difícil, não tem favorito. Assim como estamos na semifinal da Libertadores o Gremio também está. O Grêmio também andou mudando em alguns jogos e ganharam em jogos difíceis. Vamos ver o que o professor Felipão vai falar agora durante a semana para que estejamos preparados para enfrentar o Grêmio com força máxima ou não – contou o zagueiro do Palmeiras.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO