Mato Grosso, 18 de Fevereiro de 2019
Esportes
Carille se surpreende com o número de reforços do Corinthians, mas espera mais
07.02.2019
10:26
FONTE: G1

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • whatsapp_image_2019_02_06_at_13_30_29

    Fábio Carille em entrevista coletiva — Foto: Bruno Cassucci

O técnico Fábio Carille está empolgado com a quantidade e a qualidade dos reforços do Corinthians para 2019. Com o zagueiro Bruno Méndez, do Montevideo Wanderers, do Uruguai, o Timão chegará a 11 contratações para esta temporada.

 

Satisfeito, Carille fez questão de agradecer aos dirigentes do Timão pelo trabalho, citando-os nominalmente, e admitiu que não esperava tantas mudanças no elenco.

 

– Quero deixar bem claro, agradecer ao presidente Andrés (Sanchez), Duílio (Monteiro Alves), Edu Ferreira, doutor (Jorge) Kalil, Alessando (Nunes) que iniciou isso, Vilson e Emerson agora. Está muito acima do que imaginei, estou muito feliz mesmo, está ficando uma equipe equilibrada, que vai elevar o nível dos treinamentos e do time, assim todo mundo compete com lealdade. A única necessidade agora é tempo para treinar, treinar, deixar todos com entendimento de jogo.

 

O plantel pode ficar ainda maior. O Corinthians mantém negociações para repatriar o lateral-esquerdo Guilherme Arana, do Sevilla, e segue de olho em oportunidades no mercado.

 

– Quero agradecer, porque foi acima do esperado. E com possibilidade de mais chegadas, estamos trabalhando para mais chegadas – destacou.

 

Nesta janela, o Corinthians contratou Mauro Boselli, Vagner Love, Gustavo Silva, André Luis, Richard, Ramiro, Sornoza, Michel Macedo, Manoel e Júnior Urso.

 

Uruguaio mais perto

Presidente do Montevideo Wanderers, Gabriel Blanco indicou em entrevista a uma rádio uruguaia que o acerto deve acontecer em breve. O Corinthians está disposto a pagar, de forma parcelada, cerca de R$ 11 milhões.

 

– Vai bastante bem o negócio de Bruno Méndez com o Corinthians. As negociações estão avançadas. Estimo que nas próximas 24 ou 48 horas haverá novidades – disse o dirigente, na manhã desta quarta-feira.

 

O Montevideo Wanderers deseja seguir com pelo menos 10% dos direitos econômicos do atleta, de olho em uma futura venda. Além disso, gostaria de liberar o defensor apenas depois do Torneio Apertura, que acaba em maio. As duas situações ainda são discutidas nas negociações.

 

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO