Mato Grosso, 22 de Novembro de 2017
Esportes
Com dois gols sofridos em seis jogos, trabalho defensivo do Náutico surte efeito
13.09.2017
08:09
FONTE: G1

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • dscn9558_1

    Técnico Roberto Fernandes tem focado em setor defensivo (Foto: Eryck Gomes)

Desde que Roberto Fernandes chegou ao Náutico, um dos setores que mais ganharam importância foi a defesa. Nos seis jogos com o treinador, foram apenas dois gols sofridos - nas derrotas para Ceará e América-MG. O sucesso obtido é resultado de muita cobrança no dia a dia. Para se ter idéia, antes da chegada de Roberto, foram 26 gols sofridos em 17 jogos, média de 1,52 por jogo. Atualmente, a média é de 0,33.

 

- Roberto também trabalha muito a nossa linha de quatro na defesa. Ele se preocupa bastante. Time que não leva gol, não perde. Então, ele vem tentando aperfeiçoar sempre. Se a gente não tomar gol, certamente fica mais fácil de fazer - declarou o lateral Joazi.

 

Para manter a consistência, Roberto Fernandes não tem feito muitas experiências na defesa. Entretanto, no ataque, o treinador já testou formações com dois meias e também com três atacantes. Na opinião de Joazi, um atleta a mais lá na frente facilita a vida dos laterias.

 

- Acho melhor jogando com um atacante de lado, porque me ajuda na marcação. As vezes, eu fico muito sobrecarregado. Um atacante me ajuda bastante. Fica melhor para eu ir ao ataque e defender. Eu descanso mais um pouco e tenho força para atacar e para defender.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO