Mato Grosso, 22 de Julho de 2017
Mato Grosso
Combate à criminalidade nos municípios de fronteira será intensificado
17.02.2017
15:58
FONTE: Hérica Teixeira | SESP/MT

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

Representantes das forças de segurança estadual e federal, se reuniram nesta quinta-feira (16.02), na Câmara Municipal de Cáceres, para traçar metas afim de desencadear ações de combate à criminalidade nos municípios que fazem fronteira com a Bolívia.
 
Dentre as ações a serem desenvolvidas, está a intensificação da operação “Bairro Seguro”, para combater aos crimes de homicídio, roubos e furtos.
 
Durante a reunião, as autoridades destacaram ainda a importância de realizar um trabalho de repressão ao tráfico doméstico de drogas e bocas de fumo.
 
O secretário de Estado de Segurança Pública, Rogers Jarbas, disse que a cidade de Cáceres precisa de uma atenção qualificada. Ele afirmou que todos os esforços serão feitos para conter o tráfico na região.
 
“O trabalho integrado entre as forças vai garantir à repressão ao crime, diminuir os índices criminais e trazer sensação de segurança à sociedade”, destacou.
 
No encontro, os dados já alcançados com a atuação da Delegacia Regional e o 6º Comando Regional, junto às entidades do Ministério Público, Judiciário, Marinha Brasileira Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal, mostram que interação entre as forças, estadual e federal, produziram resultados positivos.
 
O comandante da Polícia Militar de Cáceres, coronel PM Carlos Eduardo Pinheiro da Silva, ressaltou trabalho alcançado no ano passado, quando 80% dos crimes de homicídios, nas 11 cidades que fazem parte da Região Integrada de Segurança Pública (Risp), foram elucidados com Inquéritos concluídos, pessoas identificadas e presas.
 
“Foi um resultado bom, que só foi possível com o engajamento dos servidores de segurança pública. Nossa interação promoveu resposta rápida para a prática destes crimes. Para 2017, o trabalho vai continuar forte para reduzir índices de roubo, furto e homicídio”.
 
A delegada Regional, Cinthia Gomes Cupido, disse que o trabalho de inteligência das forças é o que resulta em grandes apreensões.
 
“O serviço de inteligência das polícias garante um suporte para as ações na fronteira. A inauguração da Delegacia Especial de Fronteira vai garantir mais resultados para a segurança pública”, falou.
 
Participaram da reunião o secretário adjunto de Integração Operacional, coronel PM Marcos Vieira da Cunha, o delegado geral da PJC, Fernando Vasco Spinelli Pigozzi, o diretor da Politec, Reginaldo da Cunha Rossi e ainda, representantes da 2ª Companhia de Bombeiro Militar e vereadores.
 
Fazem parte da Região Integrada de Segurança Pública de Cáceres, os municípios de Araputanga, Curvelândia, Gloria d’Oeste, Indiavai, Lambari d’Oeste, Mirassol d’Oeste, Porto Esperidião, Reserva do Cabaçal, Rio Branco, Salto do Céu, São José dos Quatro Marcos.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO