Mato Grosso, 17 de Dezembro de 2018
Mato Grosso
Concessão da rodoviária de Cuiabá à iniciativa privada é adiada por falta de interessados em sua gestão
05.12.2018
15:35
FONTE: G1 MT/Lidiane Moraes

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Rodoviária de Cuiabá será concedida à iniciativa privada — Foto: Rafael Manzutti/Gcom-MT

    Rodoviária de Cuiabá será concedida à iniciativa privada — Foto: Rafael Manzutti/Gcom-MT

A licitação para a concessão do terminal rodoviário Engenheiro Cássio Veiga Sá, em Cuiabá, à iniciativa privada, foi adiado porque nenhuma empresa manifestou interesse em administrar o local, como comunicou o governo do estado na terça-feira (4), data final para a apresentação de propostas.

 

A data para a republicação do novo edital ainda não foi marcada, mas, de acordo com o governo, haverá outro processo.

 

A administração estadual, por meio da Secretaria Estadual de Infraestrutura (Sinfra), avalia que a falta de manifestação de empresas interessadas pode ser decorrente do processo político de transição.

 

A suspeita é de que as exigências do edital, como o investimento de R$ 30 milhões para melhorias no terminal, possa ter inibido as participações.

 

O projeto de concessão prevê ainda a transformação do terminal em Rodoviária Shopping, com elevador panorâmico, escadas rolantes, painéis de iluminação solar, ar-condicionado, bilhetagem eletrônica, segurança armada.

 

Administração atual

Em 2017, o governo contratou uma empresa para administrar a rodoviária, no lugar da antiga gestora que atuava no local há 10 anos sem possuir contrato. Desde a contratação, foram investidos mais de R$ 300 mil na melhoria da infraestrutura, principalmente em acessibilidade, limpeza e segurança para os usuários.

 

Como não houve andamento do processo licitatório para a concessão, o contrato com a empresa atual foi renovado e deve terminar em maio de 2019.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO