Mato Grosso, 12 de Novembro de 2018
Nacional / Internacional
Congelar mantém durabilidade de alimentos
06.11.2018
09:57
FONTE: Governo do Brasil

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • 7e1e9b4d_154b_4356_a3f5_13e29851fef4

    A lista de compras deve contemplar apenas as quantidades necessárias para um curto espaço de tempo, evitando que a comida estrague - Foto: Rafael Zart/MDS

Na luta contra o desperdício, existem técnicas e recursos que podem ajudar a aumentar a durabilidade dos alimentos. A refrigeração, por exemplo, é uma das maneiras mais eficazes de preservar comidas in natura ou preparadas.

 

Manter em temperaturas baixas estica a validade e permite que alimentos possam ser reaproveitados ao longo da semana. Para prazos maiores, uma boa dica é recorrer ao congelamento.

 

Guardar no congelador aumenta ainda mais a durabilidade de frutas, verduras e comidas preparadas. Uma dica prática interessante é guardar os alimentos em vasilhas de plástico que possam ser utilizadas posteriormente no processo de degelo. Além disso, o descongelamento deve ser feito em etapas, retirando o alimento do congelador e colocando-o na parte de refrigeração da geladeira.

 

Para quem pensa em congelar legumes, existe uma técnica importante que pode ser adotada, chamada “branqueamento”. Essa técnica permite que legumes e verduras durem cerca de seis meses. Basta colocá-los em água fervente, esperar que ela volte a ferver e então mergulhá-los na água fria. Desse modo, as enzimas que atuam sobre os legumes e as verduras ficam inativas, prolongando a vida útil do alimento. A água desse processo também pode servir de base para sopas e caldos.

 

Geladeira é indispensável para combater o desperdício de alimentos

Uma geladeira bem organizada é muito importante no combate ao desperdício. A refrigeração dos alimentos faz que eles durem mais tempo, evitando que a comida acabe no lixo. Uma boa dica de organização é colocar os alimentos já abertos e prestes a vencer na parte da frente e mais acima, guardando os produtos ainda fechados e com maior prazo de validade na parte de trás e nas prateleiras inferiores.

 

Alimentos como hortaliças, iogurtes, leite e derivados precisam ser refrigerados, pois podem estragar em temperatura ambiente. No caso de alimentos industrializados, uma dica importante é conferir na embalagem qual é a forma recomendada de armazenamento. A instrução do fabricante vai orientar a temperatura adequada.

 

Caso não exista uma geladeira disponível, a principal dica é evitar comprar um grande volume de alimentos. A lista de compras deve contemplar apenas as quantidades necessárias para um curto espaço de tempo, evitando que a comida estrague. Porções pequenas são menos práticas, mas garantem um consumo mais consciente.

 

PDA 2018

A Semana Nacional de Conscientização da Perda e Desperdício de Alimentos tem o objetivo de mobilizar a população contra o desperdício de alimentos, além de estimular comerciantes a adotarem práticas que evitem perdas de produtos que podem ser consumidos. Neste ano, ela ocorre entre os dias 5 e 11 de novembro de 2018.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO