Mato Grosso, 12 de Novembro de 2018
Mato Grosso
Cônsul da Itália quer aproximação com Mato Grosso
08.11.2018
14:27
FONTE: Assessoria

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • missão itália brasil

    Divulgação

Identificar os setores econômicos afins, fomentar negócios e estimular a disseminação da cultura e do idioma italianos entre os mato-grossenses são os objetivos do cônsul Geral da Itália em São Paulo, Filippo La Rosa. Ele participa da primeira missão consular da Itália no Estado, promovida pelo Vice-Consulado Honorário em Cuiabá com a parceria a Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt).

 

Durante a abertura do evento, na manhã desta quinta-feira (08/11), Filippo La Rosa destacou a importância de Mato Grosso na jurisdição de seu consulado. “É o principal estado depois de São Paulo”, afirmou, complementando que esta primeira missão não será um “samba de uma nota só”, pois o objetivo é intensificar o relacionamento.

 

O presidente da Fiemt, Jandir Milan, destacou a necessidade de estimular a cultura de exportação entre as empresas mato-grossenses de todos os portes. “Na Itália, a maior parte das exportações é de empresas com até 14 funcionários. Poderíamos fazer o mesmo em Mato Grosso, por isso a Fiemt tem todo interesse nesse relacionamento. Não tenho dúvida de que a data de hoje é um marco para a indústria mato-grossense, especialmente a micro e pequena”, disse.

 

O superintendente do Sebrae em Mato Grosso, José Guilherme Barbosa Ribeiro, reforçou que as empresas do estado precisam buscar mercados externos. Ele informou que, em 2019, o Sebrae vai buscar a identificação geográfica para produtos mato-grossenses, com base no modelo italiano de Denominação de Origem Protegida (DOP).

 

O estreitamento das relações foi defendido também pelo secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, Leopoldo Mendonça: “Temos um relacionamento histórico, basta constatar a participação das famílias italianas no desenvolvimento da agricultura mato-grossense. Só temos a ganhar com isso, tanto a Itália quanto Mato Grosso”.

 

O painel “Caminhos e Oportunidades de Negócios Mato Grosso – Itália” fechou a programação da manhã, com a participação de representantes do Governo do Estado e empresários.

 

A programação da missão continua à tarde, com encontros setoriais para prospecção de negócios. Amanhã (09/11), o período matutino será destinado aos temas de educação e cultura. “A Itália é segunda economia industrial da Europa e o italiano é língua franca em alguns segmentos. Conhecer o idioma e a cultura faz muita diferença para compreender certas dinâmicas nas relações comerciais internacionais”, defende Filippo La Rosa, que pretende estimular o aprendizado do italiano em Mato Grosso.

 

Passaportes e Cidadania - Paralelamente ao encontro na Fiemt, a missão consular inclui a emissão de passaportes italianos a quem já possui a cidadania reconhecida. Os procedimentos ocorrem na sede do Vice-Consulado Honorário da Itália em Cuiabá, conforme agendamento prévio.

 

De acordo com a vice-consulesa, Marli Deon Sette, cerca de 120 cidadãos fizeram a solicitação prévia, porém apenas 56 conseguiram o atendimento, porque os demais não estavam com o cadastro atualizado (AIRE) junto ao consulado em São Paulo. “É muito importante que quem já tem a cidadania mantenha todos os dados atualizados. Vamos fazer o possível para trazer outras missões com esta no futuro, porque facilita muito a vida dos cidadãos, ao evitar a necessidade de viajar a São Paulo para pedir o documento”. Ela lembra que o processo de reconhecimento da cidadania continua sendo feito exclusivamente pelo consulado de São Paulo.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO