Mato Grosso, 19 de Outubro de 2019
Mato Grosso
Dicas do Procon-MT para quem vai às compras esta semana
09.10.2019
08:24
FONTE: Pedro Mutzenberg | Procon-MT

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Todos os brinquedos destinados a crianças até 14 anos, nacionais ou importados, devem ser certificados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) - Foto: Divulgação

    Todos os brinquedos destinados a crianças até 14 anos, nacionais ou importados, devem ser certificados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) - Foto: Divulgação

O dia das crianças é comemorado no dia 12 de outubro e deve ser aproveitado bem de perto com o pequeno que a gente gosta. Pode ser filho, afilhado, sobrinho, neto, o que vale é se divertir. E para garantir que a diversão aconteça, o Procon-MT dá dicas para que nós possamos consumir com consciência e responsabilidade. Dessa forma muitos sorrisos virão, não só neste sábado.

 

Todos os brinquedos destinados a crianças de até 14 anos, nacionais ou importados, devem ser certificados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). O selo do Inmetro é a garantia de que o produto foi testado e é adequado para a faixa etária indicada na embalagem. Ainda sobre a idade, é importante observar a indicação do brinquedo, especialmente para crianças muito novas ou bebês. 

 

Alguns produtos podem conter pequenas peças que colocam em risco a saúde e a segurança da criança. Engasgamento, intoxicação, queimaduras e cortes podem ser evitados seguindo a recomendação do fabricante. Por isso, verifique se na embalagem ou etiqueta há instruções de uso e dados sobre o fabricante e importador, sempre em português. 

 

A concorrência comercial resulta em promoções, aproveite para pesquisar e comprar na loja que oferece as melhores condições. O ideal, lembra a coordenadora de Educação para o Consumo do Procon-MT, Cristiane Vaz, é se planejar para não comprometer a programação financeira, evitando assim o endividamento. “Se optar por ir às compras junto com a criança, a dica é combinar previamente um valor máximo para a despesa”.

 

E atenção aos produtos falsificados. Tintas e materiais tóxicos, bordas cortantes e ruídos acima do permitido são alguns dos problemas encontrados em produtos contrabandeados, que colocam em risco a saúde das crianças. “O comércio formal garante a procedência do produto e que todas as informações prestadas na embalagem são verdadeiras. Portanto, exija sempre a nota fiscal, pois é ela que comprova a relação de consumo”.

 

Com a nota o consumidor tem prazo de garantia para reclamar de defeitos na fabricação, sendo 30 dias para produtos não duráveis (que se extinguem com seu uso, como alimentos) e 90 dias para os bens duráveis (que tem consumo prolongado, como os brinquedos).

 

“E lembre-se, o Dia das Crianças é muito mais que brinquedo. Dar a presença talvez seja o maior presente”. 

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO