Mato Grosso, 07 de Dezembro de 2019
Esportes
Dois contra um: Kawhi e Paul George superam Doncic em vitória dos Clippers sobre os Mavericks
28.11.2019
08:39
FONTE: GloboEsporte

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Dois contra um: Kawhi e Paul George superam Doncic em vitória dos Clippers sobre os Mavericks

    Foto: Divulgação

Não é nada fácil segurar um time que conta com Kawhi Leonard e Paul George. As duas contratações certeiras do Los Angeles Clippers para esta temporada da NBA levaram a melhor no duelo contra o fenômeno esloveno Luka Doncic e comandaram a vitória da franquia da Califórnia por 114 a 99 sobre o Dallas Mavericks, na noite desta terça-feira, em Dallas. Bem colocados na Conferência Oeste (3º e 4º lugares), os dois times vinham de cinco vitórias seguidas.

 

O cestinha da noite foi Kawhi. MVP das finais e campeão pelo Toronto Raptors na última temporada, o ala somou 28 pontos e oito rebotes. George ficou logo atrás, com 26 e seis roubos de bolas.

 

Pelos Mavs, Doncic foi o cara do time ao somar 22 pontos, oito rebotes e seis assistências, mas ele errou os oito chutes de três que tentou. Kristaps Porzingis fez um duplo-duplo (15 pontos e dez rebotes).

 

O jogo

O grandalhão Porzingis abriu o jogo com uma cesta de três para os Mavs. A resposta dos Clippers veio da mesma forma com tiro certeiro de Paul George. Doncic começou a ratificar sua grande fase, mas o time de Los Angeles tinha um aproveitamento melhor dos arremessos e pegava mais rebotes ofensivos. E tinha Paul George! Com direito a quatro bolas de três, o ala-armador fez 17 pontos nos nove primeiros minutos. Foram outras três de fora dos visitantes, o que fez a vantagem ser de sete pontos ao fim do 1º quarto: 34 a 27.

 

Logo no início do segundo período, os Clippers aproveitaram o descanso de Doncic, acertaram tudo, principalmente com o armador Lou Williams, e abriram 16 pontos (48 a 32). A sensação eslovena voltou e tentou dar um gás para diminuir a vantagem rival. Não deu certo, pois ele e os Mavs estavam cometendo muitos erros. Kawhi melhorou seu aproveitamento, e o time da Califórnia foi para o intervalo com vantagem de 16 pontos (62 a 46). Quase foi 19, pois Porzingis fez mais uma bola de três no estouro do cronômetro.

 

Não estava nada fácil a vida dos Mavericks diante dos seus torcedores que costumeiramente lotam o ginásio em Dallas. Os Clippers abriram 20 pontos sem grandes dificuldades (73 a 53). A defesa do time da casa falhava na marcação, deixando tranquilo o trabalho ofensivo dos visitantes. Isso é um tiro no pé, quando Kawhi e Paul George estão do outro lado. A maior vantagem foi de 22 pontos, faltando pouco mais de um minuto para o fim do 3º quarto. Os Mavs deram uma reagida, com o veterano armador J.J. Barea em quadra. E os Clippers estavam com 15 pontos à frente antes do início do último quarto: 93 a 78.

 

Só uma reação fantástica do Dallas mudaria o destino do jogo. O time da casa até tentou uma blitz no início do 4º período para seguir sonhando com a sexta vitória seguida. Mas os erros persistiam. E os Clippers, que tinham Kawhi e Paul George se revezando como cestinha da noite, caminhavam para um triunfo tranquilo. Eles abriram 24 pontos de frente faltando três minutos (112 a 88). Depois, os Clippers seguraram o ritmo, deixaram os Mavs diminuírem a desvantagem e fizeram o cronômetro correr. Foi a sexta vitória seguida na bagagem californiana: 114 a 99.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO