Mato Grosso, 11 de Dezembro de 2018
Variedades
Dor no nervo ciático? Exercício leve ajuda a fortalecer musculatura do tronco
08.03.2018
09:18
FONTE: G1

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • dor_ciatica_300x195

    ilustração

A ciatalgia (dor ciática) acontece quando há uma compressão do nervo ciático, causando uma dor em formigamento que começa na coluna e pode se estender pela parte posterior da perna, chegando até o pé. Dois exemplos de situações de compressão do nervo são a hérnia de disco lombar e a síndrome do piriforme. No caso da hérnia, um ou mais discos que ficam entre as vértebras lombares comprimem a região do nervo próxima à coluna.

 

- Neste caso é importante manter o fortalecimento da musculatura do tronco, o que não deve ser realizado com exercícios pesados. O ideal para essa musculatura são exercícios com carga leve, sustentados por mais tempo e com maior número de repetições - explicou a fisioterapeuta Raquel Castanharo.

 

Bird dog e agachamento são indicados

Apoiado nas mãos e nos joelhos, levante uma perna e o braço do lado oposto, mantendo o abdômen contraído e não movendo a coluna (como na foto em destaque no topo do texto). A síndrome do piriforme é um problema no qual o nervo ciático é comprimido pelo músculo piriforme, que fica na região glútea.

 

- Medidas para relaxar o músculo piriforme são benéficas nesse caso, e manter estabilidade da pelve e do quadril, através de fortalecimento, é essencial. O agachamento e o afundo, com foco em glúteos, são exemplos de bons exercícios - ressaltou a especialista do Eu Atleta.

 

Manter a musculatura do tronco e do quadril fortes não deveria ser uma preocupação somente em casos de ciatalgia. Esses grupos musculares são fundamentais para a boa postura e a movimentação do corpo na prática de esportes. Seu fortalecimento previne lesões até em articulações mais distantes, como joelho e tornozelo.

 

- Manter um hábito de vida sedentário não previne nem ajuda nas dores causadas pelo nervo ciático. Um determinado nível de atividade física deve ser mantido por quem sofre desse problema, obedecendo as recomendações médicas e as particularidades de cada caso - encerrou Raquel.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO