Mato Grosso, 17 de Dezembro de 2018
Mato Grosso
Educação promove integração entre escolas com oficinas teatrais
07.12.2018
11:22
FONTE: Ascom Prefeitura/Neri Malheiros

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • educação LRV

    Divulgação

Os pequenos alunos distribuídos no espaço do refeitório da Escola Municipal Caminho para o Futuro estavam alvoroçados e aguardavam ansiosamente o início das apresentações dos coleguinhas integrantes de três oficinas da Escola Municipal Érico Veríssimo. Bastou ser anunciado que o começo da peça musical ‘Uma História muito Louca’ se daria dali a instantes para que o silêncio voltasse a reinar. Logo, todos iriam adentrar no mundo encantado da fantasia.

 

Ao longo do desenrolar da história, cuja ‘loucura’ foi proporcionada pela frequente invasão de personagens de diferentes contos e até do Super Homem na narrativa de outra famosa história infantil, o público acompanhava atentamente e muitas vezes participava por meio de aplausos ou desaprovações aos mocinhos e vilões que desfilavam à sua frente. Foram aproximadamente quinze minutos – tempo de duração da peça – de muita interação.

 

Pouco depois, alunos da oficina de caratê, orientados pelo professor João Evangelista de Lima, ocuparam o lugar dos atores e dançarinos mirins para fazer demonstrações de suas habilidades na arte marcial. A exibição envolveu alunos de diferentes faixas e graduações do 1º ao 5º ano. As apresentações foram acompanhadas pela secretária de Educação, Cleusa Marchezan De Marco, e também mereceram muitos aplausos.

 

De acordo com a professora e coordenadora das oficinas da Escola Érico Veríssimo, Eliana Aparecida Murilia Costa, o ensino em tempo integral foi introduzido na instituição a partir de 2013, quando já foram criadas as oficinas de teatro e dança, e, no ano seguinte, a de caratê. Atualmente, são 15 oficinas nas áreas de cultura, esporte, lazer e pedagógica. “A montagem da peça foi uma criação conjunta das professoras das oficinas de Teatro, Vânia Maria de Oliveira Barros, e de Dança, Tamiris Cândido de Souza, dos 1ºs e 2ºs anos, e Janaína Rodrigues Lima Franceschi, de 3ºs, 4ºs e 5ºs anos.”

 

A Caminho para o Futuro também se tornou escola de tempo integral a partir de 2014. No interior, as escolas Fredolino Vieira Barros e São Cristóvão igualmente oferecem ensino em tempo integral desde 2014 e, como nas demais, também possuem suas próprias oficinas.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO