Mato Grosso, 22 de Maio de 2019
Mato Grosso
Escola Cecília Meireles terá piscinas e novo bloco com sete salas maker
18.04.2019
06:03
FONTE: Assessoria

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • reunião escola tessele

    Divulgação

O sonho de gestores, alunos e professores da Escola Municipal Cecília Meireles também ter suas próprias piscinas finalmente começa a se tornar realidade. O projeto, juntamente com a proposta de construção de um novo bloco com sete salas de oficinas, sala de professores, sala de coordenadores, copa e banheiros, totalizando uma área de aproximadamente mil metros quadrados de construção, foi exposto na tarde de ontem (16) durante a reunião conduzida por uma equipe da Secretaria Municipal de Educação com os profissionais daquela unidade de ensino.

 

Sujeito ainda a pequenas adequações que serão feitas para atender plenamente às necessidades da comunidade escolar, o projeto começou a ser esboçado a partir da visita que o prefeito Luiz Binotti e a secretária municipal de Educação, Cleusa Marquezan De Marco, fizeram à escola no mês passado para tratar de questões administrativas e dialogar com a direção e professores. Conforme o compromisso assumido, a obra deverá ser concluída em 2020.

 

Nesta terça-feira, ao dar início à apresentação, a secretária destacou a importância da representação efetiva nos conselhos e demais organismos de gestão democrática para o acompanhamento e controle sistemático de todos os aspectos da vida escolar – pedagógico, administrativo e financeiro. Com o uso de dados e gráficos, demonstrou a aplicação dos recursos próprios ou provenientes de convênios com os governos do Estado e da União em todas as 17 unidades da rede municipal de ensino e, especificamente, naquela escola.  

 

“Cotidianamente, temos a enorme responsabilidade de fazer o melhor uso dos recursos públicos a nós confiados. Cada escola tem autonomia para definir onde, como e quando vai empregá-los para o bom funcionamento de toda a estrutura e permitir que os profissionais possam dar o seu melhor para garantir a qualidade do ensino-aprendizagem”, declarou.

 

Em seguida, a arquiteta e urbanista da Secretaria Municipal de Educação, Maria Angélica Pozzer Pires, fez uma explanação detalhada sobre o projeto que será executado e trocou impressões com os presentes acerca da planta baixa, planta de implantação e aproveitamento da área. Além do novo bloco, a proposta prevê a construção de uma piscina de 16,5 metros por 25 metros, para alunos maiores, e outra, infantil, de 6 metros por 14 metros.   

 

Para concluir o encontro, a coordenadora da Assessoria Pedagógica, Hosana Caetano, e os assessores pedagógicos, Ione de Fátima Souza da Silva e Osmar Cícero da Silva, apresentaram dados gerais e específicos referentes à avaliação diagnóstica dos níveis de aprendizagem e graus de proficiência e ainda quadros comparativos relacionados ao desempenho na Prova Brasil com a finalidade de identificar os pontos fortes e críticos e corrigir distorções.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO