Mato Grosso, 17 de Agosto de 2018
Variedades
Escrever sobre emoções positivas diminui a ansiedade, diz estudo
18.07.2018
15:28
FONTE: R7

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • escrever_17072018174333585

    Pessoas que escreveram experiências positivas diminuíram as taxas de ansiedade PEXELS

Um estudo realizado pela Universidade de Northumbria, em New Castle, no Reino Unido, e publicado no British Journal of Health Psychology constatou que escrever sobre sentimentos positivos ajuda a aliviar o estresse e ansiedade.

 

A pesquisa afirma que essa prática tem efeito especialmente sobre as pessoas que possuem personalidade tipo D, que são mais fechadas e não compartilham seus sentimentos, além de serem pessimistas e cultivarem a solidão. 

 

Essa personalidade já foi associada a alta prevalência de doenças arteriais coronarianas e hipertensão, segundo o estudo.

 

A pesquisa, realizada com pouco mais de 70 pessoas entre 19 e 77 anos, dividiu os participantes em dois grupos. No primeiro grupo, com quase 40 participantes, foi designado que, durante três dias, deveriam ir a um cômodo que fosse confortável e escrever durante 20 minutos longe de interrupções, como o celular, sobre suas experiências de vida mais incríveis.

 

Já o segundo grupo, com pouco mais de 30 pacientes, foi orientado a escrever sobre os planos para o dia, descrever os sapatos que usavam e o cômodo em que estavam durante o mesmo período, de três dias. Antes e depois de ambos os grupos escreverem, todos deveriam responder a um teste de escala sobre a ansiedade.

 

Os níveis de ansiedade foram medidos diariamente, comparando o antes e o depois da atividade de escrita. Após quatro semanas do teste inicial, os pacientes tiveram de responder a um novo teste de ansiedade, e os resultados foram usados para um novo cálculo.

 

Como resultado final, foi observado que o primeiro grupo teve uma diminuição nos níveis de ansiedade antes e após a produção do diário, enquanto o segundo grupo não apresentou resultados significativos. O primeiro grupo também apresentou redução da ansiedade no teste feito após quatro semanas.

 

De acordo com os autores do estudo, que pertencem ao Grupo de Pesquisa em Estresse da universidade, o método de escrita positiva pode ser eficiente especialmente para pacientes com esse tipo de personalidade, pois tratam-se de pessoas menos propensas a buscar ajuda terapêutica e a escrita permite o extravasamento das emoções por meio da prática individual, que não requer interação social.

 

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO