Mato Grosso, 20 de Abril de 2018
Variedades
Excesso de açúcares pode prejudicar saúde mental dos homens
11.01.2018
08:44
FONTE: Assessoria

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • açucares

    Ilustração

Uma pesquisa recentemente realizada pela University College London (Reino Unido), e publicada na revista Scientific Reports, apontou que o excesso de açúcar está relacionado ao desenvolvimento de doenças mentais nos homens, como ansiedade e depressão.

 

O estudo foi feito com homens e mulheres, no entanto, a associação entre o açúcar e problemas mentais apareceu apenas no grupo masculino. Especificamente em relação a esse grupo, foram analisados dados de 8.087 britânicos com idades entre 39 e 83 anos. As informações foram coletadas por um período de 22 anos, para um estudo de larga escala. As descobertas foram feitas com base em questionários sobre a dieta e a saúde mental dos participantes.

 

O consumo de açúcar foi medido por 15 itens que incluem refrigerantes, sucos industrializados, doces, bolos, biscoitos e açúcar adicionado ao café. Para os homens, foi considerado alto consumo uma quantidade maior que 67 gramas por dia e, para mulheres, acima de 50. A Organização Mundial da Saúde recomenda uso máximo de 50 gramas por dia e aponta que o ideal é não passar dos 25.

 

Impacto na saúde

Os resultados da pesquisa apontaram um efeito adverso de longo prazo na saúde mental dos homens, ligado ao excessivo consumo de açúcar proveniente de alimentos e bebidas doces. Para um terço dos homens - aqueles com maior consumo de açúcar -, houve alta de 23% da ocorrência de problemas mentais após cinco anos, independentemente de obesidade, comportamentos relacionados à saúde, do restante da dieta e de fatores sociodemográficos.

 

De acordo com o estudo, para evitar complicações como ansiedade e depressão, é imprescindível manter uma alimentação saudável e melhorar a qualidade de vida. Nesse sentido, o método de emagrecimento 5S oferece um grande apoio, pois o programa irá educar o paciente e reprogramar todo o organismo do paciente.

 

Segundo a Fisioterapeuta Dermatofuncional Dra. Andressa Moraes, que gerencia uma franquia do método 5S em Bauru e região, o tratamento irá colaborar para diminuir o consumo de açúcares do paciente. “O 5S diminui o consumo de açúcares, pois o ser humano não precisa do excesso desse alimento, que inflama todos as células do corpo sem que percebemos. Além disso, é importante lembrar que vários alimentos possuem os açúcares necessários, exemplo as frutas”, afirma.

 

Eficácia

O método 5S gera uma perda de peso significativa nos homens, pois eles possuem mais massa magra que as mulheres e, apesar de, primeiramente, ser um método para emagrecimento, toda a reeducação alimentar irá proporcionar uma melhor qualidade de vida física e mental.

 

A Dra. Andressa Moraes ainda explica que o diferencial do método está em trabalhar a reprogramação do hipotálamo. “O hipotálamo é responsável por várias ações no organismo como o sono, atividade sexual, metabolismo, emoções entre outras. Quando se tem a ingestão em excesso de açúcares e gorduras saturadas, o hipotálamo inflama e perde a conexão com todo o organismo, parando, por exemplo, de enviar um aviso de saciedade ao cérebro. Quando ele é desinflamado, a conexão volta, melhorando tudo o que estava prejudicado”, destaca.

 

A duração do procedimento é de no mínimo 3 meses, para pacientes com IMC maior que 26,6. Esse período visa a perda de peso, manutenção e reeducação alimentar.

 

5S Slim

Pessoas magras também podem realizar o método 5S. “Agora existe o Método 5S Slim, que surgiu justamente para pessoas com o IMC normal, mas que querem manter uma qualidade de vida. Com ele, é possível perder até 6kg e trocar percentual de gordura por massa magra, pois existem muitas pessoas que são magras, mas possuem o percentual de gordura muito grande”, alerta Andressa.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO