Mato Grosso, 22 de Outubro de 2017
Economia / Agronegócio
Frango, ovo, milho e inflação em julho de 2017
11.08.2017
14:44
FONTE: AviSite

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • 637x325_1

    ilustração

Há cerca de 15 anos o AviSite acompanha a evolução de preços do frango vivo, do ovo e do milho em relação à inflação apontada pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) da Fundação Getúlio Vargas. E, pela primeira vez, observa que os quatro itens apresentam evolução negativa – não só mensal, mas também anual.

 

À primeira vista, o frango vivo superou a inflação do mês, pois manteve o preço do mês anterior (evolução igual a zero por cento), enquanto o IGP-DI recuou 0,3%. Mas levando em conta que permanece há quatro meses com o mesmo preço e que, em relação a março, registra redução de 7% (de 448,33 pontos para 416,67 pontos), fica claro que segue perdendo da inflação, já que o IGP-DI desse período recuou menos de 3% (de 654,71 pontos para 635,20 pontos).

 

Em relação aos valores registrados um ano atrás, os quatro itens fecharam julho com resultado negativo. Notar, de toda forma, que no acumulado dos últimos 12 meses (e comparativamente a idêntico período anterior) o IGP-DI continua com evolução positiva, no que é acompanhado apenas pelo ovo.

 

Quanto ao comportamento desses preços na vigência do real (implantado em julho de 1994), observa-se que, no momento, frango vivo e ovo vêm registrando índices de evolução muito próximos, com diferença de apenas 17,24 pontos percentuais entre um e outro. E isto significa que mantêm, praticamente, a mesma relação de preços registrada 23 anos atrás.

 

Já o milho, que há pouco mais de um ano chegou a superar o IGP-DI, registrou em julho seu menor preço dos últimos 25 meses. O valor médio do mês, equivalente (na vigência do real) a 359,40 pontos, ficou mais de 275 pontos percentuais abaixo da inflação acumulada no período, de 635,20 pontos.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO