Mato Grosso, 29 de Abril de 2017
Economia / Agronegócio
Frango: Quedas de substitutas restringem competitividade da carne de frango
17.03.2017
11:01
FONTE: Cepea

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

As quedas nos preços das carnes suína e bovina têm restringido a competitividade da de frango, que se mostra relativamente estável. Segundo pesquisas do Cepea, na média da primeira quinzena de março, o frango inteiro resfriado foi cotado a R$ 3,76/kg no atacado da Grande São Paulo, 3,43 reais por quilo mais em conta que a carcaça especial suína; em fevereiro, a ave custava 3,93 reais/kg menos que o suíno.

Frente à carne bovina, a diferença atual está em 6,11 reais/kg, sendo que, em fevereiro, a média do resfriado ficou 6,23 reais/kg abaixo da do boi. Enquanto o frango registra leve alta de 0,5% comparando-se o valor médio atual ao de fevereiro, as carcaças suína e bovina apresentam variações negativas de 6,3% e 1%, respectivamente, também no atacado paulista.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO