Mato Grosso, 21 de Março de 2019
Mato Grosso
Funcionários de hospital público de MT pedem doações para manter o atendimento
14.03.2019
14:41
FONTE: G1 MT

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Hospital de Barra do Bugres vive caos por falta de repasse e só funciona com doações — Foto: TV Centro América

    Hospital de Barra do Bugres vive caos por falta de repasse e só funciona com doações — Foto: TV Centro América

Sem receber repasses do governo de Mato Grosso há cinco meses, o Hospital Regional de Barra do Bugres, a 169 km de Cuiabá, enfrenta dificuldades e os funcionários estão pedindo doações para que a unidade não pare de atender. Os salários dos funcionários estão atrasados e na unidade faltam remédios e até comida.

 

A dívida do hospital chega a R$ 3,5 milhões. A Secretaria de Saúde de Mato Grosso informou que aguarda os documentos da prestação de contas da gestão do hospital para fazer os pagamentos.

 

Com a ajuda da população a dispensa do hospital está cheia, mas os funcionários não sabem até quando.

 

Devido à falta de repasse do governo estadual, médicos e funcionários estão sem receber há muito tempo, mas, segundo a técnica de enfermagem Jaqueline Julião, eles não pararam de trabalhar.

 

No entanto, as cirurgias eletivas, aquelas que não são urgentes, tiveram que ser suspensas.

 

Para manter a farmácia com os medicamentos necessários, o hospital precisaria de pelo menos R$ 50 mil reais por mês. Algumas gazelas de antibióticos já estão vazias e do outro lado na prateleira o soro deve durar só até o final dessa semana.

 

O hospital atende pacientes de 11 municípios. São realizados por mês aproximadamente 90 partos. Este é o único atendimento que ainda não foi prejudicado, mas a direção teme que isso não dure muito.

 

Há um ano, os funcionários e moradores do município fizeram um protesto contra a falta de repasses para a unidade hospitalar, na MT-246. À época, os funcionários estavam sem receber salários havia três meses.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO