Mato Grosso, 11 de Dezembro de 2018
Nacional / Internacional
Ibama evita tráfico diário de cerca de 64,4 mil aves silvestres na Paraíba
11.10.2018
09:37
FONTE: Governo do Brasil

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • 1487fd97_eb29_4186_99c1_c2d6a8aec0bb

    Medida visa garantir ciclo reprodutivo e manutenção da espécie dos arribaçãs - Foto: Arquivo/Ibama

Desde o fim de setembro, a fiscalização do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) apreendeu 16,1 mil armadilhas usadas para capturar aves da espécie arribaçãs, no sertão da Paraíba (PB). 

 

Os agentes incineraram os materiais que seriam capazes de prender quatro pássaros por dia, totalizando a captura de até 64,4 mil por dia. Além disso, a equipe ainda conseguiu resgatar 32 animais que retornaram ao seu habitat natural. Nesse período do ano, essas aves costumam fazer ninhos no chão. Assim, tornam-se presa fácil para os caçadores.

 

A multa para os responsáveis pela caça ilegal nessa operação foi de R$ 96,5 mil.

 

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO