Mato Grosso, 23 de Julho de 2017
Esportes
Luciano iguala Love com oito jogos a menos; Corinthians segura euforia
13.08.2015
10:28
FONTE: G1

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

A capacidade de finalização de Luciano fez o Corinthians ganhar poder no ataque nos últimos dois jogos do Campeonato Brasileiro, contra São Paulo e Sport. Com oito jogos a menos, o atacante igualou o desempenho de Vagner Love e mostrou que é opção consistente para Tite melhorar o setor ofensivo.

Ao mesmo tempo em que comemora a boa fase do atacante de 22 anos, o técnico e o clube seguram a euforia. Às voltas com problemas extracampo em 2014, Luciano aprendeu com os erros e tenta continuar focado na atual temporada.

No Brasileirão, tem dado certo. Com apenas cinco jogos e 323 minutos em campo, Luciano finalizou 12 vezes e fez três gols. Love teve 13 jogos e 848 minutos para fazer os mesmos três gols – e com 15 finalizações.

Luciano não teve mais chances de jogar porque se lesionou pouco antes do início do Brasileiro. Quando voltou, partiu logo depois para a disputa dos Jogos Pan-Americanos, em Toronto, com a seleção brasileira. Todo o período serviu de aprendizado, mas Tite insistiu em dar um recado público ao jogador.
– Calma que no futebol tudo é mais. No Corinthians e nos clubes grandes é mais. Calma, continua trabalhando sério – alertou o comandante.

Tite sabe que o histórico é complicado. No ano passado, Luciano se empolgou com o sucesso repentino após trocar o Avaí pelo Corinthians e, na análise de integrantes da diretoria e da comissão técnica, ficou deslumbrado. Fã de Cristiano Ronaldo, o jogador até ganhou dos companheiros o apelido de Caça-Rato, uma ironia com as iniciais do nome do craque português.

Luciano entendeu bem a mensagem. Tão bem que, questionado sobre a fala de Tite, concordou e admitiu que se deixou levar pelo sucesso repentino no ano passado.

– Aqui tudo é mais mesmo. Ano passado me deixei levar, fiz coisas que não deveria, mas neste ano estou bem mais maduro. Com o apoio da minha família, do Tite, dos meus companheiros de grupo, tem tudo para dar certo esse ano – desejou o atacante.

Sem dinheiro para contratar um centroavante e com a janela internacional de transferências fechada, Luciano ganhou confiança de diretoria e comissão técnica para deslanchar. 

Os gols dão fôlego dentro e fora de campo. Com a boa fase do atacante, o clube se sente menos pressionado a buscar rapidamente um novo concorrente. Enquanto isso, Luciano vai tentar manter a sequência positiva em um duelo contra seu ex-clube, o Avaí, domingo, em Florianópolis. 

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO