Mato Grosso, 20 de Setembro de 2018
Mato Grosso
Mato Grosso tem representante no Parlamento Jovem Brasileiro que acontece no início de outubro
14.09.2018
07:22
FONTE: Assessoria

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • PJB

    Divulgação

A edição de 2018 do Parlamento Jovem Brasileiro acontecerá em Brasília, na Câmara dos Deputados, no período de 1º a 5 de outubro, quando estudantes de todo o país simulam a jornada de trabalho dos deputados federais. 

 

A estudante Pamela Alves Taborda de Souza, do 2º ano da Escola Estadual do Campo Castro Alves, de Diamantin, foi selecionada com um projeto de lei sobre Educação.

 

O programa contou com 1.456 inscritos neste ano. Os 78 projetos selecionados para serem apresentados em Brasília foram propostos por estudantes do ensino médio de todo o país. 

 

O Parlamento Jovem Brasileiro é uma iniciativa da Câmara dos Deputados e está na sua décima quinta edição. O propósito do programa é estimular nos jovens estudantes a reflexão crítica sobre a importância do Poder Legislativo e da representação política. Para isso, os jovens parlamentares participam de workshops e oficinas, assistem a palestras e seguem a rotina dos parlamentares: formam chapas, elegem a mesa diretora, elaboram pautas, reúnem-se em comissões e atuam nas sessões deliberativas. 

 

Como participar

Para participar, os candidatos devem ter entre 16 e 22 anos, ser aluno regular do 2° ou 3° ano do ensino médio em escolas públicas ou particulares; ou do 2°, 3° ou 4° ano do ensino técnico integrado ao ensino médio.

 

O processo seletivo do PJB ocorre em duas etapas. Na pré-seleção, o estudante cria um projeto de lei e faz a inscrição em sua escola ou na Secretaria de Educação do seu estado, que procede e avalia a triagem inicial. A seleção final é feita pela Câmara dos Deputados, onde uma comissão de analistas legislativos e outros servidores analisam e classificam os projetos selecionados de acordo com critérios como justificativa, clareza e originalidade. 

 

O total de representantes jovens por estado e pelo Distrito Federal respeita a proporção de 1 para 8, ou seja, a cada oito deputados federais, um deputado jovem é selecionado.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO