Mato Grosso, 19 de Outubro de 2018
Esportes
No meio da tabela, Figueira tenta evitar acomodação na reta final
10.10.2018
09:24
FONTE: G1

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • apresenta4_pofcebb

    Figueirense terá feito mais de uma semana de treinos até encarar o Coritiba — Foto: Vinicius Nunes/FFC

Em sete rodadas da Série B, o Figueirense experimentou a sensação de estar entre os quatro primeiros da competição. Há seis jogos sem vencer, no entanto, e lidando com problemas extracampo, como o atraso de salários, o Alvinegro tenta encontrar motivação na reta final.

 

Restam oito partidas da Segundona, e o Figueirense está praticamente a mesma distância do G-4 e da degola (oito e nove pontos, respectivamente). O discurso é de crença em um acesso matemático, mas também de manter-se focado no torneio.

 

- Você estando no G-4 muitas vezes fica empolgado, mas a gente não pode deixar isso cair, ficar para baixo. Teremos também risco de entrar na zona, temos que entrar e se manter firme, ficar trabalhando forte, porque vamos dar o nosso melhor e temos que ter feito um bom trabalho no fim da temporada - falou o volante Matheus Sales.

 

Para encarar o Coritiba, sábado, o Figueirense novamente teve mais de uma semana de preparação. Foi assim também antes de enfrentar o Atlético-GO, há duas rodadas, mas a equipe não aproveitou e empatou no Orlando Scarpelli.

 

Agora, o Alvinegro busca novamente uma evolução com Rogério Micale, que completa um mês à frente do Figueirense nesta quarta-feira, mas ainda sem vencer.

 

- O Milton ficou um ano, vinha de um trabalho e o Micale vem com poucos jogos, não teve muito tempo de trabalho. Mas estamos assimilando o que ele pede, muitas coisas estão acontecendo. É continuar trabalhando, entender o que ele fala e executar da melhor forma - finalizou o volante.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO