Mato Grosso, 17 de Julho de 2019
Economia / Agronegócio
Novos requisitos de certificação e acreditação da RTRS para a produção de soja responsável
05.07.2019
15:29
FONTE: RTRS - Associação Internacional de Soja Responsável

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Reprodução

Regidos por uma série de exigências, os Requisitos da Cadeia de Custódia para os Produtores precisam ser cumpridos pelos produtores que quiserem vender seus produtos certificados na forma de fluxo físico (nos sistemas de Balanço de Material Nacional, Balanço de Massa ou Segregação).

 

Visto que este alcance atualmente é optativo, somente a quarta parte dos produtores certificados RTRS o incluem na sua certificação. Isso significa que aqueles produtores que incluírem no alcance da sua certificação os Requisitos da Cadeia de Custódia para Produtores podem vender seu produto certificado como fluxo físico ou através do sistema de créditos RTRS. De outro lado, aqueles produtores certificados que não incluírem este alcance (as três quartas partes restantes) ficam limitados a vender o equivalente de sua soja certificada somente através do sistema de créditos RTRS.

 

Na 13ª Assembleia Geral (AG13), realizada em 12 de junho de 2019, a Associação Internacional da Soja Responsável (RTRS) anunciou a aprovação de uma nova versão dos requisitos de acreditação e certificação da RTRS para a produção de soja responsável (versão 4.2), que terá um grande impacto na disponibilidade de fluxo físico certificado pela RTRS ao instituir a exigência de que todos os produtores certificados pela RTRS incluam, até 2020, os Requisitos da Cadeia de Custódia para os Produtores no processo de auditoria.

 

Como parte do compromisso permanente da RTRS com melhorias contínuas, os novos requisitos estabelecidos nesta nova versão aumentarão os volumes de balanço de massa disponibilizados para o mercado. Com base em números referentes à produção de soja certificada pela RTRS em 2018, o Balanço de Massa RTRS disponível pode aumentar de 1,5 milhão para cerca de 4,5 milhões de toneladas, incluindo novos países e regiões com materiais certificados e prontos para venda via fluxo físico.

 

A atualização dos requisitos de acreditação e certificação RTRS para produção de soja responsável (versão 4.2) agrega valor à certificação da produção de soja e tem um propósito duplo: contribuir para o desenvolvimento do mercado de soja física, gerando condições que aumentem a escala e o impacto da soja sustentável em nível global, e ao mesmo tempo, dar aos produtores a oportunidade de ampliar sua oferta de soja sustentável no mercado (créditos ou soja certificada RTRS, conforme a demanda).

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO