Mato Grosso, 24 de Abril de 2017
Mato Grosso
Polícia prende 4 suspeitos de terem sequestrado mulher de ex-secretário
20.03.2017
15:36
FONTE: G1 MT

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Câmera de segurança filmou um dos criminosos abandonando o carro da vítima
A Polícia Civil cumpriu mandados de prisão nesta segunda-feira (20) contra quatro pessoas suspeitas de terem participado do sequestro, em junho de 2016, de Marnie Almeida Cláudio de Cursi, mulher do ex-secretário de Fazendo do estado, Marcel de Cursi, preso desde setembro de 2015. As investigações foram feitas pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

Dos quatro suspeitos, três já estavam presos por outros crimes, sendo um no Centro de Ressocialização de Cuiabá, um na Penitenciária Central do Estado e um na Penitenciária de Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá. As ordens de prisão foram cumpridas dentro das unidades prisionais.

O quarto suspeito foi preso em casa, no bairro Osmar Cabral, na capital.

Marnie foi abordada por três homens armados e disfarçados de policiais civis quando chegava em casa, no bairro Shangri-la, na capital. Eles anunciaram a prisão e disseram que ela seria encaminhada até uma delegacia.

Entretanto, a vítima foi levada para uma região de mata, perto do bairro Jardim Imperial, na capital, onde foi agredida. Os bandidos exigiram que ela entregasse R$ 7 milhões que seriam de desvios de dinheiro cometidos por Marcel de Cursi.

O ex-secretário de Fazenda está preso desde setembro de 2015, acusado de ter participado de um esquema de desvio de dinheiro do governo por meio da concessão de incentivos fiscais. O caso foi investigado durante a operação Sodoma, da Delegacia Especializada de Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz).

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO