Mato Grosso, 25 de Agosto de 2019
Mato Grosso
Sorriso: ato pela educação reúne alunos, professores e apoiadores na Praça da Juventude
16.05.2019
06:53
FONTE: Portal Sorriso

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • manifesto educação

    Portal Sorriso

Nesta quarta-feira (15), um grupo de manifestantes se reuniu na Praça da Juventude, no centro da cidade em reação ao corte de recursos na educação anunciado pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL). Antes do ato, alunos e professores participaram de uma assembleia e no final do dia se dirigiram à praça da Juventude.

 

Os manifestantes carregavam cartazes com frases como “educação pede socorro”, “entre outras mil, educação tu és a mais cortada”, “direitos não são privilégios” entre outros dizeres, expondo o descontentamento dos estudantes e professores.  

 

O Brasil de Fato ouviu relatos de estudantes e professores sobre os impactos do contingenciamento de recursos para o funcionamento das instituições de ensino. Claudir Von Dentz diretor geral do IFMT (Instituto Federal de Mato Grosso) de Sorriso disse que a situação é muito preocupante pois muitos alunos dependem do instituto para realizar a sua formação acadêmica e poder melhorar suas condições de vida. “Educação não pode ser encarada como gasto, desde sempre precisa ser vista como investimento na pessoa humana”, opinou.

 

O IFMT tem tradição na formação de estudantes, não só de curso técnico, mas também de graduação e pós-graduação.

 

Ao longo desta quarta-feira, foram registradas manifestações massivas em todo o país, principalmente nas capitas.

 

Conforme já foi noticiado por toda a imprensa, em visita à Dallas, nos Estados Unidos, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) chamou os manifestantes de "idiotas" e "massa de manobra".

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO