Mato Grosso, 22 de Junho de 2018
Esportes
Tchê Tchê se emociona com visita de parceiros e da família em despedida do Palmeiras
12.06.2018
14:55
FONTE: G1

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • whatsapp_image_2018_06_12_at_15_45_06

    Tchê Tchê se despede do Palmeiras em entrevista coletiva (Foto: Felipe Zito)

O meio-campista Tchê Tchê se despedia do Palmeiras na tarde desta terça-feira quando recebeu visitas inesperadas em sua última entrevista coletiva na Academia de Futebol. Além da esposa Claudia, também apareceram na sala de imprensa o zagueiro Edu Dracena, o volante Thiago Santos e o atacante Keno.

 

Emocionado, Tchê Tchê, que acertou com o Dínamo de Kiev, da Ucrânia, desejou feliz Dia dos Namorados para a esposa e ouviu até uma pergunta de Edu Dracena. No bate-papo com a imprensa, agradeceu pelo período que defendeu a camisa alviverde.

 

– Não vou chorar – insistiu o ex-palmeirense, por diversas vezes, entre brincadeiras dos amigos.

 

– Falar desses caras... Claro que, inevitavelmente, você fica mais próximo de alguns. Gosto de todo mundo. Esses três aí, mais alguns lá que considero demais. São pessoas de quem estamos sempre próximos. Sempre que as coisas estavam legais, a gente fazia churrasco... Eu, Thiago e Edu, imbatível no truco. Saio invicto do Palmeiras – completou.

 

Ao ser questionado por Dracena sobre qual camisa usará no Dínamo de Kiev, Tchê Tchê respondeu, entre gargalhadas.

 

– O Thiago que falou, eu mandei um áudio para ele e está me enchendo o saco agora (risos). Eu gosto de atletas que jogam com a camisa 6, já deixei claro que sou fã do Thiago Alcântara, tem mais jogadores que a usam também. O Pogba também usa a 6, por isso. E agora eu – brincou.

 

Contratado em 2016, Tchê Tchê chegou ao Verdão após se destacar pelo Grêmio Osasco Audax no Campeonato Paulista. Desde o início, foi titular absoluto do time de Cuca e virou peça importante na campanha do título do Brasileirão naquele ano.

 

No total, o meio-campista fez 112 jogos com a camisa palmeirense e marcou cinco gols. A negociação vai render cerca de R$ 20 milhões aos cofres alviverdes.

 

– A única coisa que eu não gostaria que acontecesse era sair do Palmeiras maneira diferente da qual eu entrei. Pela porta da frente. Saio da mesma maneira. Saio contente, acho que deixei coisas boas, fiz coisas legais aqui. Estou bastante feliz, cheguei de graça e deixei uma boa quantia para o clube. Isso é importante. Fiz questão de estar aqui para agradecer – afirmou Tchê Tchê, negociado por 4,8 milhões de euros (cerca de R$ 20 milhões).

 

– Não é média, queria agradecer aos torcedores, que mandaram muitas mensagens, pessoal que torceu para mim desde a minha chegada. Deixar um abraço para todo mundo. Agradecer muito o carinho de todo mundo. Sempre fui quem eu sou dentro e fora de campo, nunca tentei me passar por outra pessoa. Quem gosta de mim, gostou do Danilo de verdade, além do Tchê Tchê – acrescentou, citando o próprio nome.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO