Mato Grosso, 22 de Agosto de 2017
Capa
Temer lança colheita de algodão e inaugura usina de etanol em Lucas do Rio Verde
11.08.2017
16:39
FONTE: ExpressoMT

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Assessoria

O presidente da República, Michel Temer, fez nesta sexta-feira (11) em Lucas do Rio Verde, o lançamento oficial da colheita do algodão. A solenidade, que foi acompanhada pelo ministro da Agricultura, Blairo Maggi, governador Pedro Taques, prefeito Luiz Binotti, secretário Nacional de Políticas Agrícolas, Neri Geller, entre outras autoridades, aconteceu na Fazenda Cortezia. Temer, que fez sua primeira visita oficial ao Estado, veio também inaugurar a usina de produção de etanol a base de milho, a FS Bioenergia.

 

Em vídeos e fotos divulgadas nas redes sociais, Temer e demais autoridades acompanharam as maquinas trabalhando no campo, demonstrando a tecnologia empregada no campo. Dados do Ministério da Agricultura apontam que 67% da produção nacional de algodão é oriunda de Mato Grosso. A cultura chegou ao Estado na década de 90 e vem ampliando sua tecnologia através de pesquisas no Estado, desenvolvendo variedades e atacando problemas existentes nas lavouras matogrossenses. “Estamos conseguindo produtividades excepcionais. Esta mesmo que o senhor presidente fez o lançamento, consegue entre 350 a 360 arrobas por hectare”, disse o ministro Maggi durante a cerimônia de inauguração da FS Bioenergia.

 

Em relação a usina de produção de etanol, Maggi citou que o projeto iniciou após uma conversa com o empresário Marino Franz ocorrido muitos anos atrás. Quando senador, Blairo Maggi foi procurado pelo empresário buscando apoio para a implementação do empreendimento. O ministro também elogiou o arrojo demonstrado pelas lideranças de Lucas do Rio Verde, ao falar sobre a visita do presidente da República e o lançamento da colheita de algodão. “Lucas do Rio Verde é um exemplo, é uma cidade aonde as coisas funcionam, na política, funcionou com Pivetta, com o Marino e agora com o Binotti. É o poder público envolvido com a classe empresarial, altamente empreendedora, que faz desse território algo muito diferente nesse país”, enalteceu, citando a cadeia produtiva existente na produção do etanol.

 

O presidente da República, Michel Temer, classificou sua visita como a celebração da pujança do campo em Mato Grosso e disse que voltaria com a alma incendiada, pois notou que o país tem jeito. Teme destacou que é muito bom para um gestor sair do gabinete em que despacha para conhecer o país real. “Quando venho aqui, a sensação é de um país que prospera. É confiar no que estamos fazendo. Precisamos acabar com preconceito ideológico, tratar iniciativa privada à margem da sociedade. Empresário é alguém que auxilia governo”, afirmou.

 

Temer fez questão de ressaltar a sustentabilidade dos projetos desenvolvidos com a necessidade da preservação do meio ambiente e que é compatível com o acordo de Paris. De acordo com o presidente da República, os investidores acreditaram nessa ideia em razão das boas perspectivas do país e por confiarem no governo.

 

Sobre a colheita do algodão, Michel Temer mostrou-se surpreso com a tecnologia usada no campo, fazendo comparação com a infância, onde ajudava o pai na colheita manual. Ele lembra que tinha 9 anos e ajudava na colheita na chácara da família em Tietê (SP). “Hoje me surpreendi ao colher algodão, dirigi a colheitadeira e notei facilidade para colher. É uma tecnologia extraordinária. Não estamos atrasados na plantação, estamos avançados no campo tecnológico.”

 

O presidente também falou sobre as ações de seu governo, destacando o diálogo com o Congresso Nacional que permitiu a realização de reformas necessárias para o país. “Estou sendo ousado ao fazer as reformas, há anos paralisadas e fomos dando a solução”.

 

Usina

 

Junção entre as empresas Fiagril e Summit Agricultural Group, a FS Bioenergia foi criada para produzir etanol e coprodutos do milho na cidade de Lucas do Rio Verde. A planta está localizada no estado do Mato Grosso, o principal estado agrícola na região Centro-Oeste do Brasil. O Mato Grosso é também um dos maiores produtores de milho, soja e pecuária no país.

 

A Fiagril e o Summit Agricultural Group levam adiante uma longa história de produção agrícola, energia renovável e desenvolvimento do agronegócio. Em plena atividade, a FS Bioenergia irá produzir anualmente aproximadamente 210 milhões de litros de etanol, 90.000 toneladas do coproduto FS Ouro, 40.0000 toneladas do coproduto FS Úmido, 52.000 toneladas do coproduto FS Essential e 6.200 toneladas de óleo de milho, além de exportar 60.000 megawatts de eletricidade.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO