Mato Grosso, 12 de Novembro de 2018
Esportes
"Vai ter volta": frase de Gum após derrota dá tônica de espírito do Fluminense em busca de vaga
08.11.2018
14:47
FONTE: G1

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • 30832876887_7d9c609f17_z

    Gum em Atlético-PR x Fluminense — Foto: Mailson Santana

Assim que o árbitro apitou o fim de Atlético-PR 2 x 0 Fluminense pela partida de ida da semifinal da Sul-Americana, Gum desceu para os vestiários da Arena da Baixada com semblante de incoformismo e aos gritos de “Vai ter volta, vai ter volta”. O zagueiro referia-se ao jogo de volta, dia 28 de novembro no Maracanã, onde o Tricolor precisará vencer por três gols de diferença para avançar à decisão.

 

- Tem volta. Futebol é lindo, impressionante porque acontecem essas viradas. Estamos jogando uma semifinal. Muitos não acreditavam que chegaríamos até aqui e continuam não acreditando. Sabíamos que o Atlético era uma boa equipe. Temos a consciência de que não acabou. Saudamos nossos torcedores pelo apoio que eles nos deram. E agora é continuar acreditando. Vamos nos preparar muito para fazer o jogo da volta.

 

Líder do grupo e jogador em atividade há mais tempo no clube, Gum viu suas palavras ecoarem no elenco tricolor. O abatimento com a derrota foi rapidamente superado. O discurso dos jogadores do Fluminense após a partida foi de confiança na reversão do resultado em casa.

 

Destaque da partida com defesas que evitaram uma derrota ainda pior, Júlio César fez coro com o zagueiro:

 

- É uma semifinal. Está tudo em aberto ainda. Assim como a torcida deles fez uma festa, apoiou a equipe, tenho plena convicção que a nossa vai ao Maracanã, vai nos apoiar também e vamos ter condições de reverter o resultado.

 

O volante Richard revelou que os jogadores prometeram uns aos outros nos vestiários que vão conseguir a vaga no jogo de volta:

 

- Fechamos no vestiário. Prometemos para nós mesmos que vamos passar lá (no Maracanã). Temos certeza que podemos chegar lá e fazer o mesmo placar. Temos que chegar no Maracanã e fazer a mesma coisa que eles fizeram aqui. Pressionar do começo ao fim. Se eles têm a vantagem do gramado e da torcida, no Maracanã também teremos. Tenho certeza que vamos chegar lá e reverter isso – disse o volante Richard.

 

Confiante na classificação, o técnico Marcelo Oliveira confirmou o pacto dos jogadores no vestiário e elogiou a dedicação do grupo do Fluminense.

 

- Está em aberto pela qualidade das duas equipes e pelo fator campo. Tenho certeza que podemos reverter. O clima no vestiário foi só em relação a isso. No Maracanã, certamente, podemos ter uma postura diferente. Esse grupo de jogadores do Fluminense, mesmo com todas as dificuldades que temos – óbvias e públicas, dá uma resposta muito grande ao trabalho. É um grupo comprometido, que se entrega muito. Esse exemplo que os jogadores deram (na saída de campo) simboliza a dedicação e o comprometimento de todo mundo.

 

O espírito dos jogadores é o mesmo da torcida do Fluminense. Os cerca de mil tricolores que acompanharam a partida na Arena da Baixada cantaram imediatamente ao fim da partida: "Vamos virar, Nense" e "Eu acredito".

 

O jogo de volta entre Fluminense e Atlético-PR pela semifinal da Sul-Americana é dia 28 de novembro, no Maracanã. Antes, o Tricolor tem cinco confrontos pelo Brasileirão: contra Sport (11/11), Palmeiras (14/11), Ceará (19/11), Bahia (21/11) e Inter (25/11).

 

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO