Mato Grosso, 03 de Julho de 2022
Política
ALMT pede a TCU que suspenda reajuste da energia elétrica em MT
17.05.2022
06:47
FONTE: Redação com Assessoria

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Reprodução

    Foto: Reprodução

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso entrou com representação para suspender o reajuste de 22,5% na energia elétrica no estado.

 

A ação foi impetrada pela Procuradoria-Geral da ALMT no TCU, Tribunal de Contas da União.

 

A CPI da Energisa concluiu que o reajuste tarifário aumenta expressivamente a fatura de energia elétrica dos consumidores de Mato Grosso, na ordem desproporcional de 22,55%, em média, sem que tenha observado o dever de transparência e clareza na formulação da política tarifária.

 

 

A comissão considera que a agência violou obrigações básicas de respeito aos direitos dos usuários e às concessões do serviço público.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO