Mato Grosso, 22 de Outubro de 2021
Nacional / Internacional
Anvisa aumenta validade da Janssen para 6 meses
11.10.2021
09:42
FONTE: Gabriel Brum - Repórter da Rádio Nacional

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Agência Brasil

    Foto: Agência Brasil

A Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, aprovou a ampliação do prazo de validade da vacina contra covid-19 da farmacêutica Janssen de quatro meses e meio para 6 meses, sob condições de armazenamento de dois a oito graus Celsius. O pedido havia sido feito pela empresa no dia 15 de setembro.

 

A decisão da Diretoria Colegiada da agência foi unânime. Segundo a diretora, Meiruze Sousa Freitas, que relatou o pedido, o relatório técnico informou que a farmacêutica já tem dados de estabilidade de 6 meses para, pelo menos, três lotes comerciais. 

 

Todos parâmetros avaliados, como aparência do produto, integridade do sistema de fechamento e concentração de partículas virais, não apresentaram indicativos de degradação.

 

A vacina da Janssen é a única de dose única aprovada no Brasil. O uso emergencial foi autorizado em 31 de março deste ano. Quando armazenada entre temperaturas de -25 graus  e -15 graus Celsius, possui validade de 24 meses.

 

Segundo o site do Ministério da Saúde, está prevista a entrega de mais 36 milhões e 200 mil doses da vacina entre novembro e dezembro.

 

No entanto, no anúncio sobre o planejamento da vacinação contra covid-19 para 2022, o ministro Marcelo Queiroga informou que a vacina da Janssen não está nos planos. A razão é que, assim como a CoronaVac do Butantan, ela tem somente a autorização de uso emergencial, mas isso pode mudar.

 

 

Atualmente, somente as vacinas da Pfizer e da AstraZeneca, que no Brasil é produzida pela Fiocruz, têm o registro definitivo na Anvisa.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO