Mato Grosso, 27 de Setembro de 2021
Esportes
Após vitória, Abel tira peso de duelo direto com o líder:
29.09.2014
09:05
FONTE: GloboEsporte.com

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Abel diz que derrotas para São Paulo e Galo doem na caminhada para o Brasileirão

A vitória do Inter sobre o Coritiba neste domingo acirrou a disputa pelo título Brasileiro. Somado ao empate do Cruzeiro com o Sport no sábado, o resultado deixa o Colorado a seis pontos do líder, que será justamente o rival no próximo sábado. Uma final antecipada? Não para Abel Braga, que trata de esfriar o confronto.

- Não será a final. Com certeza, se eu perder, vou ficar a nove pontos de novo. E depois tem mais 12 jogos para se fazer. Não vou botar esse peso na minha equipe, não. Não adianta ganhar do Cruzeiro e não ganhar das outras. Quarta eles têm jogo na Copa do Brasil, e para nos vai ser com certeza um grande jogo. Uma satisfação enorme, é um grande time, primeiro e segundo, mas eles vão enfrentar um grande time também que é o nosso - afirmou o treinador, em entrevista coletiva no Beira-Rio.

Sobre o jogo deste domingo, a conclusão de Abel é de que o treinador Marquinhos Santos posicionou bem seus jogadores, conseguindo "enganar" os donos da casa, a ponto de marcarem dois gols e causar várias situações de perigo. No total, foram 15 finalizações coloradas, contra 22 dos visitantes. O Coxa também acertou mais passes: 317, contra 277 na partida.  Apesar de alguns momentos complicados, porém, o Inter saiu com os três pontos e se aproximou um pouco mais do líder Cruzeiro.

- Tem muita gente com mania de falar que o futebol brasileiro está nivelado por baixo. Você acredita que uma equipe dessa (Coritiba) é lanterna? Ele (Marquinhos Santos, técnico) me enganou muito bem. Abriu o Zé Love, o Joel, mais ou menos parecido com o que o Criciúma fez (na rodada anterior). Quando eles (jogadores do Coxa) se metiam no meio dos zagueiros (colorados), eles ficavam acompanhando e sobrava sempre um no meio. Por isso colocamos o Bertotto - argumentou Abel, explicando, ainda, a substituição de Alex pelo volante oriundo das categorias de base no segundo tempo.

O Inter saiu na frente com D'Alessandro, depois de Wellington Paulista sofrer um pênalti. O capitão anotou o gol no rebote do goleiro Vanderlei. Logo depois, Leandro Almeida conseguiu o empate, de cabeça, após escanteio. Alex fez um segundo, em jogada de confusão na frente da meta do goleiro do Coxa. E ainda no primeiro tempo, Eduardo Sasha ampliou a vantagem por cobertura. 

Na etapa final, Zé Eduardo diminuiu para o Coritiba. O Inter ainda viu o adversário colocar duas bolas na trave. Mas Sasha, mais ma vez, balançou as redes e sacramentou a vitória colorada por 4 a 2. 

- O Sasha foi aproveitando. E futebol é assim, ele sabe que conquistou a posição no campo, é merecedor, já sabe que não vai ser uma má atuação que vai fazer perder a posição, então a confiança aumenta. Eu fico feliz - destacou o técnico.

Agora, tudo é Cruzeiro. O próximo adversário do Inter é o líder do Brasileirão, que está seis pontos na frente. O Colorado folga na segunda e retoma os treinos na terça.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO