Mato Grosso, 28 de Janeiro de 2022
Capa
Campanha ‘Corte Amigo’ reduz cortes de água em 54% em Lucas do Rio Verde
04.12.2021
16:13
FONTE: Ascom Prefeitura/Aline Albuquerque

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Ascom Prefeitura/ Anderson Lippi

    Foto: Ascom Prefeitura/ Anderson Lippi

Para evitar que os munícipes com débitos tenham o fornecimento de água interrompido imediatamente, o Saae de Lucas do Rio Verde – Serviço Autônomo de Água e Esgoto – implantou, em agosto deste ano, a Campanha Corte Amigo. O objetivo é conscientizar a população para o pagamento em dia das contas de água, evitando o corte. 

 

Nesta campanha, moradores que possuem a partir de duas faturas em aberto podem ter o Corte Amigo realizado. Ele consiste na colocação de um adesivo de aviso, lacrando o registro de água, porém que pode ser retirado pelo munícipe a qualquer tempo, sem prejuízo no abastecimento. A medida é um alerta sobre a necessidade de quitação das faturas atrasadas. 

 

Depois que o adesivo é colocado, o proprietário terá até seis dias para comparecer na sede da autarquia e realizar a regularização dos débitos. Caso o morador não regularize a situação no período estipulado, terá a interrupção do fornecimento de água, desta vez não sendo possível romper o lacre para reabrir o registro. Segundo o Saae, o munícipe tem até 60 dias para fazer o pagamento da primeira fatura vencida, antes que o corte ocorra.

 

A autarquia apontou que, desde o início da campanha, foram colocados 103 adesivos. Deste número, apenas 47 cortes foram efetivamente realizados, ou seja, tiveram o fornecimento interrompido. Graças ao prazo, houve uma redução de 54% nos cortes de água efetivos. 

 

“Se não fosse o Corte Amigo, dando seis dias úteis para pagamento das faturas pendentes, teríamos 100% dos cortes, que não dariam oportunidade para os consumidores regularizarem suas pendências junto a autarquia”, explicou Marcos Woicichoski, supervisor da Tributação do Saae. 

 

Ele ressalta ainda que a campanha evita que o consumidor pague a mais com taxas de serviços de religação, além de evitar que a fiscalização retorne ao local para religar a água, gerando economia com combustível, com lacre e a hora de trabalho do servidor.

 

A partir deste projeto, o morador fica ciente da dívida e tem tempo para realizar a quitação dela, evitando que fique sem água. 

 

 

“O Corte Amigo se mostra muito eficaz. Hoje o consumidor não tem mais que passar por essa experiência do corte efetivo. Nossa meta até o próximo ano, primeiro trimestre do ano que vem, é atingir pelo menos 70% na diminuição dos cortes efetivos. Quem ganha muito com isso é o consumidor”, destacou Marcos.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO