Mato Grosso, 24 de Maio de 2022
Nacional / Internacional
Casos de dengue em todo o país aumentam 95% em relação a 2021
20.04.2022
07:42
FONTE: Sayonara Moreno - Repórter da Rádio Nacional

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Reprodução

    Foto: Reprodução

O número de casos prováveis de dengue, em todo o país quase dobrou, desde o começo do ano, comparado ao mesmo período de 2021. É o que aponta o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde.

 

De acordo com o levantamento, foram quase 400 mil casos prováveis da arboviroses, um aumento de 95%. Com isso, até o momento, já são 184 casos para cada cem mil habitantes neste ano.

 

Para a segunda vice-presidente do Conselho federal de Medicina, Rosylane Rocha, dois fatores podem explicar esse aumento considerável. O primeiro é que a dengue é uma doença sazonal, com maior incidência em períodos de chuva e calor. E como este ano, muitas regiões tiveram chuvas acima do esperado, favoreceu o acúmulo de água, para focos do mosquito transmissor.

 

Outro motivo, segundo Rosylane Rocha, é que o medo da covid fez muita gente procurar atendimento médico, aumentando os registros oficiais de casos de dengue, já que, no início as duas doenças tem sintomas parecidos.

 

Muito acima da média nacional, a região Centro-oeste apresenta taxa superior a 700 casosde dengue por cem mil habitantes, com destaque para as capitais Goiânia, Brasília e Palmas. É na capital federal onde mora o fotógrafo Raphael Padilha, que teve dengue logo após se curar da covid-19, em fevereiro. Assustado com os sintomas, chegou a desconfiar de complicações da covid. Raphael conta que, na região onde vive, está havendo surto de dengue e que nem o filho mais novo, de quase dois anos, ficou ileso.

 

 

O boletim do ministério da saúde aponta que até o momento, está confirmada a morte de 112 pessoas, das 280 que desenvolveram agravamento da dengue no país. Os registros ocorreram, principalmente, nos estados de São Paulo, seguido de Goiás, Bahia, Santa Catarina e Minas Gerais. Além disso, mais de 170 mortes ainda são investigadas e podem estar associadas à dengue.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO