Mato Grosso, 25 de Novembro de 2020
Mato Grosso
Codem aprova remanejamento de R$ 160 milhões para pecuária do Pantanal
18.11.2020
15:13
FONTE: Thielli Bairros | Sedec MT

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • image_6

O Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Codem) aprovou nesta terça-feira (17.11) o remanejamento de R$ 160 milhões do FCO Empresarial para o FCO Rural e atendimento prioritário a financiamento de projetos que visem a recuperação da capacidade produtiva da pecuária pantaneira definida no Plano Emergencial de Recuperação da Pecuária Pantaneira Pós Incêndios 2020.

 

“Conseguimos disponibilizar estes recursos ainda neste ano para auxiliar os produtores rurais da região que foram fortemente atingidos pelos incêndios ocorridos no Pantanal. É uma ação emergencial em um momento em que muitos tiveram danos graves em suas propriedades. Agora, pedimos aos pecuaristas que preparem o mais rápido possível a sua carta consulta para que entrem no trâmite de análise e liberação do recurso”, explica César Miranda, secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico e presidente do Codem.

 

Considera-se propriedades rurais localizadas no Bioma Pantanal as dos municípios de Barão de Melgaço, Cáceres, Poconé, Curvelândia, Santo Antônio de Leverger, Porto Espiridião, Nossa Senhora do Livramento, Itiquira, Mirassol D’Oeste, Cuiabá, Figueirópolis D’Oeste, Várzea Grande, Juscimeira e Lambari D’Oeste.

 

O planejamento é disponibilizar até R$ 440 milhões até 31 de dezembro de 2021 em diversos pontos elencados pelo Plano Emergencial. A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec) pleiteia junto ao Conselho Deliberativo da Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) a criação de linhas de crédito específicas para o Pantanal.

 

Cartas Consulta

 

O Codem também aprovou 11 cartas consultas de FCO Empresarial, no montante de R$ 82,8 milhões de financiamento e com geração de 1879 empregos diretos e 1379 empregos indiretos. Para FCO Rural, foram aprovadas 46 cartas consultas com valor a ser financiado de cerca de R$ 122,9 milhões, gerando 305 empregos diretos e 500 empregos indiretos.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO