Mato Grosso, 02 de Março de 2024
Esportes

Com Neymar na Vila, Santos vence clássico pelo Paulista e afunda Corinthians na crise

08.02.2024
10:30
FONTE: Gazeta Esportiva

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Assessoria

    Foto: Assessoria

O Santos manteve o seu embalo na temporada e aumentou a crise no Corinthians. Nesta quarta-feira, o Peixe venceu o clássico contra os rivais por 1 a 0, na Vila Belmiro, pela sexta rodada do Campeonato Paulista. O gol foi anotado por João Schmidt.

 

Com o resultado, o Alvinegro Praiano se aproximou ainda mais de uma vaga na próxima fase do Estadual. O clube lidera o grupo A, com 15 pontos, 11 a mais que o Ituano, que é o segundo. A equipe também é a líder na classificação geral.

 

Já o Timão segue com a vida difícil. O time amargou a sua quinta derrota seguida e está na lanterna da chave C, com somente três pontos, três a menos que o Mirassol, que abre a zona de classificação para as quartas de final. Os alvinegros também estão na vice lanterna da competição.

 

O clássico contou com a presença de Neymar nas arquibancadas. O ídolo santista chegou no estádio com cerca de 30 minutos do primeiro tempo e causou um grande alvoroço. Ele assistiu ao embate ao lado do presidente Marcelo Teixeira.

 

O Santos volta a entrar em campo no domingo (11), para visitar o Mirassol, às 18 horas (de Brasília). Já o Corinthians terá pela frente a Portuguesa em Itaquera, também no domingo, mas às 16 horas.

 

O jogo – Atuando com a força da sua torcida e vivendo boa fase, o Peixe foi superior na primeira etapa. A equipe entrou em campo acesa e logo foi para cima dos rivais. A primeira chance de gol saiu aos 17 minutos. Cazares fez boa jogada e acionou Pituca, que cruzou para Willian cabecear com perigo.

 

Cinco minutos depois, a pressão surtiu efeito. Otero cobrou escanteio com precisão, João Schmidt subiu sozinho e testou para o fundo da meta, sem chances para Cássio.

 

Em desvantagem, o Corinthians tentou esboçar uma reação. O time, contudo, criou muito pouco e assustou apenas aos 28. Garro cobrou falta, e Romero desviou para a defesa de João Paulo.

 

A partir de então, o jogo esfriou um pouco. Nos minutos finais, os mandantes apenas controlaram a posse para descer ao vestiário com a vitória parcial. Aos 41, Guilherme ainda descolou um chute para a intervenção de Cássio, sem grandes problemas.

 

Na volta do intervalo, o Santos seguiu melhor. Com cinco minutos, Otero cobrou falta pela esquerda e encontrou Nonato. O meia tentou a finalização e viu Willian desviar por cima do travessão.

 

O Timão, por sua vez, tentou apostar na bola parada, mas teve dificuldades para levar perigo. Com 11 minutos, Wesley até teve uma boa chance, após cruzamento de Fagner, porém acertou a rede de cima da meta.

 

Na sequência, Mosquito puxou contra-ataque pelo meio e deixou para Yuri Alberto. O atacante, que foi bastante hostilizado pelos torcedores santistas, buscou o canto, contudo isolou.

 

Já aos 26, o Peixe chegou perto do segundo. Aderlan tentou o cruzamento, mas mandou fechado e acertou o travessão. No lance seguinte, Morelos foi acionado na meia-lua e tirou tinta da trave em finalização rasteira.

 

A partir de então, o Alvinegro Praiano se fechou totalmente no campo de defesa e deixou os rivais trocaram passes no meio de campo. Os visitantes, entretanto, sofreram para encontrar espaços no meio da forte marcação montada por Carille.

 

 

E a estratégia deu resultado. O Corinthians até pressionou, mas não conseguiu buscar o gol de empate na Vila Belmiro. A melhor chance foi em cobrança de falta de falta de Rojas. Atento, João Paulo rebateu a pancada do paraguaio e garantiu o triunfo do Santos.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ENVIE SEU COMENTÁRIO