Mato Grosso, 28 de Janeiro de 2022
Política
Conservadores tumultuam reunião da comissão que votaria parecer pela criação do Conselho Estadual LGBTQIA+
30.11.2021
08:47
FONTE: Redação com Assessoria

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: JL Siqueira | ALMT

    Foto: JL Siqueira | ALMT

Uma confusão generalizada e muito bate-boca na Assembleia Legislativa, provocaram a suspensão da reunião da Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Amparo à Criança, Adolescente e Idoso, nesta segunda-feira, que votaria parecer quanto ao projeto de lei que cria o Conselho Estadual LGBTQIA+.

 

A confusão começou quando a vereadora por Cuiabá, Edna Sampaio, do PT, começou a discursar em defesa da criação do conselho.

 

Por outro lado, membros do movimento conservador, começaram a provocá-la, atrapalhando sua fala.

 

Diante da situação, membros do movimento LGBTQIA+ que acompanhavam a reunião começaram a rebater as provocações.

 

Eles gritaram palavras de ordem, afirmando que os conservadores e evangélicos agiam com LGBTfobia, machismo e racismo, por tentarem silenciar a fala de uma mulher negra.

 

“Essa reunião é uma agressão ao povo que quer justiça, igualdade e viver em paz. O Conselho LGBTQIA+ é um direito da população e um dever de estado e desta casa aprovar, ” afirmou a vereadora.

 

Sem um consenso, o presidente da comissão, deputado Sebastião Rezende, do PSC, encerrou a reunião sem dar o parecer favorável ou contrário ao projeto.

 

"Ninguém é obrigado a estar aqui, aqueles que estiverem insatisfeitos podem se retirar", concluiu o parlamentar.

 

De autoria do governo do Estado, o conselho tem entre as suas competências  elaborar o Plano Estadual de Políticas Públicas LGBT, assim como a de participar da criação de políticas públicas que visem a assegurar a efetiva promoção dos direitos desse grupo.

 

O conselho poderá ainda denunciar e monitorar casos de violação dos direitos de LGBTs ocorridos em Mato Grosso, além de articular e apoiar a criação de Conselhos Municipais LGBT em todo o estado.

 

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO