Mato Grosso, 12 de Agosto de 2022
Nacional / Internacional
CoronaVac | Ministério da Saúde orienta o início da vacinação infantil
20.07.2022
06:44
FONTE: Victor Ribeiro - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Agência Brasil

    Foto: Agência Brasil

O Ministério da Saúde orientou que os estados, os municípios e o Distrito Federal comecem a vacinar cerca de 5,6 milhões de crianças de 3 e 4 anos, que já podem tomar a vacina CoronaVac.

 

O secretário-executivo do ministério, Daniel Pereira, informou que o Programa Nacional de Imunizações já tem doses suficientes para iniciar a campanha para esta faixa etária.

 

Na semana passada, a Anvisa autorizou o uso emergencial da CoronaVac em crianças de 3 a 5 anos, da mesma forma que é usada nas demais faixas etárias: duas doses com intervalo de 28 dias. O foco na população de 3 e 4 anos é porque as crianças de 5 anos já podiam ser imunizadas com a Pfizer.

 

Como as vacinas em estoque não são suficientes para todas as crianças, o Ministério da Saúde estuda algumas alternativas. Uma delas é solicitar o envio de CoronaVac por meio do consórcio mundial Covax Facility, coordenado pela Organização Mundial da Saúde. Outra é comprar novas doses do Instituto Butantan.

 

O secretário-executivo Daniel Pereira disse que, inicialmente, o Programa Nacional de Imunizações pode transferir doses entre os estados.

 

 

Daniel Pereira anunciou que, ainda hoje, o ministério deve divulgar uma nota técnica para orientar a estratégia da inclusão das crianças de 3 a 5 anos na vacinação contra covid-19. O secretário-executivo do Ministério da Saúde informou que, entre as orientações, está a de separar a segunda dose da CoronaVac assim que se aplicar a primeira dose da vacina. Isso evita atraso na conclusão do ciclo de imunização.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO