Mato Grosso, 22 de Outubro de 2021
Nacional / Internacional
Corte de energia para famílias de baixa renda volta a ser permitido
04.10.2021
08:36
FONTE: Milena Abreu | Rádio 2

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Reprodução

    Foto: Reprodução

A logística reversa de embalagens surgiu para ajudar a resolver um grande problema ambiental: as toneladas de resíduos que vão parar indevidamente em aterros e lixões.

 

A Política Nacional de Resíduos Sólidos e os acordos setoriais definem que fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes devem garantir a correta destinação de, pelo menos, 22% das embalagens dos produtos que colocam no mercado. 

 

Um desafio e tanto em um país de dimensões continentais como o Brasil!

 

Mas alguns mecanismos previstos na própria legislação, como a compensação ambiental, tornam a missão mais simples. O gerente de Vendas Internas e Sucesso do Cliente da eureciclo, maior certificadora de logística reversa de embalagens do país, Iago de Paula, explica:

 

Ao optar por esse mecanismo, a empresa recebe os Certificados de Reciclagem, documento que garante, inclusive juridicamente, que uma massa de resíduos equivalente à das embalagens geradas foi destinada para a reciclagem. É eficaz, simples e seguro.

 

Ao mesmo tempo em que cumpre a legislação ambiental, a empresa estimula a cadeia de reciclagem no nosso país:

 

 

E vale lembrar que o mecanismo atende empresas de todos os tamanhos. Ao optar por essa solução, a empresa pode usar o selo eureciclo em toda sua comunicação, mostrando ao consumidor, cada vez mais consciente, que a marca realiza a compensação do impacto ambiental das suas embalagens e que investe no desenvolvimento da reciclagem no Brasil, um diferencial importante para a venda do produto.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO