Mato Grosso, 03 de Julho de 2022
Economia / Agronegócio
Crise econômica afeta mercado imobiliário no país
24.05.2022
08:49
FONTE: Gabriel Brum - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Agência Brasil

    Foto: Agência Brasil

O aumento do preço de insumos de construção e a conjuntura econômica vêm impactando negativamente o mercado imobiliário.

 

No primeiro trimestre de 2022, foram lançadas 53 mil unidades residenciais. Em comparação com o trimestre anterior, os lançamentos foram reduzidos em 42,5% e a oferta final em 7,6%. Os números foram apresentados pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção nesta segunda-feira. A pesquisa foi feita em 196 cidades.

 

Já no Programa Casa Verde e Amarela, em comparação com o último trimestre de 2021, os lançamentos caíram 40,4% e a oferta final, 11,1%.

 

Segundo a instituição, o resultado do programa habitacional não tem relação com as taxas de juros, mas com os custos dos materiais, a falta de confiança dos empresários e a queda da renda das famílias.

 

Para o presidente da Comissão da Indústria Imobiliária da CBIC, Celso Petrucci, o governo precisa agir rápido.

 

 

A venda de imóveis no primeiro trimestre deste ano, no entanto, cresceu 2,2% em relação ao período anterior. Entre janeiro e março foram negociadas quase 74 mil unidades.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO