Mato Grosso, 29 de Fevereiro de 2020
Esportes
Cruzeiro sofre, mas segura empate com São Raimundo-RR e vai à 2ª fase da Copa do Brasil
14.02.2020
10:32
FONTE: Globo Esporte

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Cruzeiro sofre, mas segura empate com São Raimundo-RR e vai à 2ª fase da Copa do Brasil

    William Roth/Light Press/Cruzeiro

Resumão

Com muito sofrimento no fim, o Cruzeiro conseguiu avançar à segunda fase da Copa do Brasil. Jogando em Boa Vista, contra o São Raimundo-RR, na noite desta quinta-feira, o time celeste saiu atrás no marcador, conseguiu a virada, mas cedeu o empate e sofreu até o apito final, jogando boa parte da segunda etapa com um a menos. Por ter melhor colocação no ranking da CBF, a Raposa tinha vantagem do empate para avançar no jogo único. O adversário na segunda fase será o Boa Esporte, no Municipal de Varginha, no Sul de Minas.

 

Primeiro tempo

Os primeiros sustos partiram do ataque roraimense, ambas com Emerson, em finalizações para fora. A primeira chance real, no entanto, foi do Cruzeiro, que acertou o travessão com Roberson. Jhonata Robert também levou perigo ao goleiro. Mas foi o São Raimundo quem balançou as redes primeiro, com o zagueiro Veracruz. Edu, que fazia o segundo jogo como profissional e improvisado como volante, roubou a bola na área ofensiva, girou e finalizou cruzado, como centroavante, para empatar a partida. Depois do empate, a única chance clara foi com Jhonata Robert, aos 47 minutos. O atacante reclamou de um toque na mão de Alex, após finalização na pequena área (veja abaixo).

 

Segundo tempo

Adilson Batista voltou do intervalo com Judivan no lugar de Jhonata. E logo na primeira participação do atacante, a mudança surtiu efeito. Ele puxou contra-ataque, rolou para Maurício, que finalizou e viu Alexandre Jesus completar para as redes. A virada celeste esfriou a correria do São Raimundo, que acabou voltando para o jogo aos 20 minutos, quando Stanley fez um belo gol (veja abaixo). O próprio Stanley quase virou a partida em uma cabeçada. O Cruzeiro recuou, viu Edu ser expulso e sofreu um abafa do time da casa, que acabou não conseguindo incomodar tanto assim o goleiro Fábio.

 

Iluminados!

Edu e Alexandre Jesus só foram titulares no Cruzeiro por conta das ausências se Jadsom, Filipe Machado e Éverton Felipe. E a dupla revelada na base cruzeirense mostrou que tem ao menos estrela. Ambos fizeram os primeiros gols pela equipe profissional. Tentos estes que garantiram a classificação do Cruzeiro. No segundo tempo, Edu acabou sendo expulso, ao levar o segundo amarelo, deixando o time com dez. Jesus ficou em campo até o fim.

 

Ih, fechou o tempo!

Quando o jogo estava empatado em 2 a 2, com o São Raimundo-RR em busca da virada - e consequentemente da classificação -, o tempo fechou entre Arthur e Edilson. Isso mesmo, entre dois jogdadores do Cruzeiro (veja abaixo). Depois de um cruzamento de Alex e falta de ataque do time da casa, o lateral-direito foi até o zagueiro, que estava caído, e reclamou. Os dois trocaram xingamentos e precisaram ser contidos por Léo e Cacá.

 

Dinheiro garantido

Apesar do sofrimento, o mais importante para o Cruzeiro foi a classificação, não só pelo lado desportivo, mas principalmente pelo financeiro, neste momento. Só por participar da segunda fase, o clube tem premiação garantida de R$ 1,25 milhão. Se passar pelo Boa Esporte, ganhará R$ 1,5 milhão nesta etapa.

 

Agenda

O Cruzeiro volta a campo no domingo, às 19h (de Brasília), contra o Patrocinense, em Patrocínio, pela 6ª rodada do Campeonato Mineiro. O São Raimundo-RR só jogará novamente no dia 7 de março, contra o Rio Negro, pela estreia do Roraimense.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO