Mato Grosso, 20 de Setembro de 2020
Esportes
Defesa impressiona, Lakers vencem os Rockets e ficam a uma vitória da final do Oeste
11.09.2020
09:16
FONTE: Globo Esporte

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Defesa impressiona, Lakers vencem os Rockets e ficam a uma vitória da final do Oeste

    Foto: Reuters

Forte candidato ao título da NBA, o Los Angeles Lakers está a uma vitória de mandar para casa mais uma vítima nos playoffs. Com uma estratégia defensiva sólida e muito eficiente no primeiro tempo, o time comandado pelo técnico Frank Vogel dominou o Houston Rockets, passou um susto no fim, mas venceu por 110 a 100, e abriu 3 a 1 na semifinal de conferência.

 

Agora, na partida do próximo sábado, uma vitória põe o time de LeBron James e companhia na final do Oeste contra Clippers ou Nuggets. O destaque individual foi Anthony Davis, com 29 pontos, 12 rebotes, 5 assistências e 2 tocos. King James teve 16 pontos, 15 rebotes e 9 assistências. Outros quatro jogadores marcaram pelo menos 10 pontos (Green, Caldwell-Pope, Rondo e Caruso).

 

O termo "nó tático" não costuma ser aplicado ao basquete, mas a estratégia dos Lakers nessa quinta-feira deu um xeque-mate no ímpeto ofensivo do Houston. Markieff Morris começou o jogo no lugar de JaVale McGee. O time californiano levou à quadra a estratégia de fortalecer a marcação no perímetro com empenho nas trocas e na movimentação, obrigando os Rockets a tentarem arremessos contestados, mais difíceis de serem convertidos.

 

Deu certo especialmente na primeira metade, e o time do Texas teve dificuldades no ataque, convertendo 28% das bolas de três no primeiro tempo. Essa estratégia somada a uma superioridade na briga pelos rebotes (52 a 26) pôs o Houston numa posição delicada, com os Lakers se servindo de um banquete na transição ofensiva (19 a 2). O time de LeBron e companhia também conseguiu boa distribuição de jogo (30 assistências) e reinou no garrafão dos Rockets (62 a 24 em pontos na área pintada).

 

Nos Rockets, James Harden não conseguiu desequilibrar. Ele teve 21 pontos, 10 assistências, 3 roubadas e 2 tocos, mas acertou apenas 2 de 11 arremessos de quadra. Russell Westbrook (25 pontos, 3 rebotes 3 roubadas e 3 assistências) e Eric Gordon (19 pontos e 3 assistências) se destacaram pelo Houston, que até tentou uma reviravolta no fim. A defesa de Alex Caruso pesou, e o time amargou a terceira derrota na série

 

Danuel House Jr. fora por possível violação da bolha

A cúpula da NBA e a Associação de Jogadores investigam se Danuel House Jr. deixou o complexo em algum momento, e o site americano TMZ diz que mulher esteve em seu quarto.

 

A força dos rebotes ofensivos

O Los Angeles Lakers é o segundo time dos playoffs que mais pega rebotes ofensivos (11.3 por jogo), e voltou a se valer desse trunfo para superar os Rockets nessa quinta-feira, ao pegar 12.

 

Showtime Rondo

Rajon Rondo (11 pontos, 10 rebotes e 8 assistências) é o único jogador dos Lakers vindo do banco a registrar pelo menos 10 pontos, 10 rebotes e 5 assistências em um jogo da pós-temporada desde 1970-71.

 

Rockets freados nas bolas de três

O Houston Rockets é o time que mais arremessa da linha de três nos playoffs (47.9 por jogo) e também o que mais converte suas tentativas (17.6 por jogo). A boa defesa dos Lakers nessa quinta-feira fez esses números despencarem para 33 e 14 respectivamente.

 

O fim da magia dos 40%

Antes da série contra os Lakers, os Rockets não havia perdido nenhum jogo quando teve pelo menos 40% de aproveitamento da linha dos três pontos. Contra o Los Angeles, o time esteve acima dos 40% nos últimos três jogos, perdendo todos.

 

Festa dos Lakers no garrafão

A formação sem pivô não é céu de brigadeiro para os Rockets, e numa série contra LeBron James e Anthony Davis, o time sofreu 172 pontos no garrafão nas últimas três partidas. Uma média de 57.3 por partida.

 

AGENDA DA SÉRIE

(1º) Los Angeles Lakers 3 x 1 Houston Rockets (5º)

Jogo 1: Rockets 112 x 97 Lakers

Jogo 2: Rockets 108 x 117 Lakers

Jogo 3: Lakers 112 x 102 Rockets

Jogo 4: Lakers 110 x 100 Rockets

Jogo 5*: Sábado (12/09) Rockets x Lakers, 21h

Jogo 6*: Segunda (14/09) Lakers x Rockets, a definir

Jogo 7*: Quarta (16/09) Rockets x Lakers, a definir

 

O JOGO

1º Quarto - Lakers dificultam ações dos Rockets e largam na frente

Com a intenção de ter mais dinamismo e agilidade para enfrentar o small ball do Houston, os Lakers sacaram JaVale McGee do time titular e colocaram Markieff Morris começando a partida. O esperado dinamismo apareceu, com o time marcando seus primeiros pontos em transição. Uma boa defesa sem dar espaços ao Houston no perímetro permitiu aos Lakers assumir as rédeas do placar.

 

Grande destaque da série, LeBron foi quem começou o jogo com protagonismo, assumindo o papel de cestinha. Com Harden discreto e um ataque sonolento dos Rockets, os Lakers se mantiveram na liderança por todo o período, marcando boa parte de seus pontos no garrafão com Anthony Davis. Ao fim do primeiro quarto, o time amarelo vencia por 26 a 22.

 

2º Quarto - Lakers seguem jogo perfeito e Rockets não conseguem reagir

Os Lakers começaram o segundo quarto com uma formação com LeBron, Markieff, Rondo, Caruso e Kuzma, tida como a mais eficiente do time na série. Liderança mantida com o quinteto em quadra. Pouco depois, num erro de Westbrook, os Lakers colocavam uma bola de três, pontuavam com Caruso e abriam 10 pontos.

 

O calouro Horton-Tucker aparecia bem pelos Lakers, ajudando o time a se manter na casa dos 10 pontos de vantagem. Eram raras as chances de bolas de três para os Rockets, graças a uma defesa formidável dos Lakers. A superioridade dos Lakers nos rebotes tolhia ainda mais as chances dos Rockets. Os Rockets só sobreviviam no jogo graças a uma enorme quantidade de lances-livres tentados. No intervalo, LA vencia por 57 a 41 sem nenhum grande destaque individual.

 

3º Quarto - Ataque dos Rockets reage, mas Lakers seguram boa vantagem

Na volta do intervalo, o Houston aparentava desânimo. O Los Angeles seguia como um trator em quadra, muito superior nos rebotes e chegando a uma vantagem de 20 pontos. Um ataque balanceado alimentava o ataque do time, enquanto do lado dos Rockets, Harden parecia bem longe da sua melhor versão.

 

O Houston até melhorava no ataque, inclusive nas bolas de três, mas não conseguiam cortar a diferença. Uma vantagem na casa dos 20 pontos foi mantida por quase todo o período, e ao fim da parcial, os Lakers venciam por 86 a 70.

 

4º Quarto - Lakers levam susto, mas confirmam vitória

No último quarto, a missão dos Lakers era administrar a confortável vantagem de 14 pontos. Tarefa simples para um time que tinha Rondo inspirado e convertendo arremessos de fora. A 5:20 do fim do jogo, os Rockets estava atrás por 15 pontos. Os Lakers cometiam alguns erros e uma bola de três de Westbrook colocava o Houston a 10 pontos com 3:00 para o fim.

 

Dois lances livres de Harden davam aos Rockets uma sequência de 17 a 2, dando emoção ao final. Só que os Lakers abriam 108 a 100 a 36 segundos do fim e praticamente garantiam uma vitória contundente. Um passe de LeBron para Caruso era o balde de água fria que o torcedor dos Rockets temia. No fim, 110 a 100 e 3 a 1 na série.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO