Mato Grosso, 27 de Setembro de 2020
Esportes
Domènec deixa boa impressão inicial, pede "intensivo de português" e diz que se adaptará ao Flamengo
04.08.2020
08:22
FONTE: GloboEsporte

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Domènec deixa boa impressão inicial, pede "intensivo de português" e diz que se adaptará ao Flamengo

    Domènec orienta Léo Pereira em treino do Flamengo — Foto: Alexandre Vidal / CRF

O primeiro dia de Domènec Torrent como técnico do Flamengo foi intenso e longo. Chegou ao Rio no início da manhã e só foi embora do Ninho do Urubu depois das 20h30. Atencioso, receptivo e de fácil diálogo, deixou uma impressão muito positiva. Dentro da van que o levou do aeroporto ao hotel, já avisou: ele que tem que se adaptar ao clube, e não o contrário.

 

A adaptação passa necessariamente pelo idioma. Dome pediu que não tentem falar espanhol com ele. Seu objetivo é o mais rápido possível dominar o português e melhorar a comunicação. Para isso, por diversas vezes tirou dúvidas sobre palavras e pediu ajuda na pronúncia.

 

O catalão desembarcou no Rio de Janeiro por volta de 5h40 e foi direto para o hotel. De lá, após um breve descanso, seguiu para o Ninho do Urubu. Fez dois tipos de exame para Covid-19 (sorologia e RT-PCR), e ambos deram negativo.

 

O vice de futebol Marcos Braz fez um tour pelo CT, mostrou a parte de hotelaria, academia, piscinas, departamento médico, refeitório, área da imprensa e campos. Dome ficou muito satisfeito com o que viu. Fez elogios e comparou com a estrutura de grandes clubes da Europa.

 

Antes de sua entrevista de apresentação, ele ainda assinou os últimos papéis que estavam pendentes. Conheceu sua sala e fez alguns pedidos de objetos para seu uso no dia a dia.

 

Depois da entrevista coletiva, fez uma rápida apresentação ao elenco. Disse qual sua forma de trabalhar, contou que assistiu a diversos jogos do Flamengo, como as finais da Libertadores e Mundial, e, por isso, acredita ter um bom conhecimento dos jogadores.

 

No primeiro trabalho no campo, além da questão física, deu ênfase em atividades técnicas. Em determinados momentos, orientou particularmente alguns atletas. Seus auxiliares Jordi Guerrón e Jordi Gris trocaram muitas informações com os outros membros da comissão. O preparador físico Julián Jimenez ainda não chegou ao Brasil.

 

Quando saiu do campo, Dome se perdeu na hora de voltar para sua sala. Típico de estreante.

 

Sem mudanças bruscas

Apesar do pouco tempo que terá para trabalhar, Dome tem a seu favor o fato de pegar um time pronto, multicampeão e que perdeu apenas um titular - Pablo Marí - em relação a 2019.

 

Dos 31 principais jogadores do elenco, apenas seis - 19% - não estiveram nas conquistas da última temporada: Gustavo Henrique, Léo Pereira, Thiago Maia, Pedro Rocha, Michael e Pedro.

 

Por isso, em sua entrevista de apresentação, prometeu não tentar fazer mudanças radicais neste primeiro momento.

 

- Temos nosso próprio estilo e vamos implementar neste grande clube pouco a pouco. Preciso respeitar o trabalho do Jesus e dos jogadores em um projeto ganhador. Aos poucos, vamos implantar o estilo que é similar no ponto de ser ofensivo. Conheço Jorge Jesus desde o Benfica, Sporting... É um grande técnico. Estamos aqui para continuar ganhando títulos com nosso próprio estilo.

 

Na manhã desta terça, Dome comandará seu segundo treino. O objetivo é preparar o time para fazer uma boa estreia no Campeonato Brasileiro, domingo, às 16h, contra o Atlético-MG, no Maracanã.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO