Mato Grosso, 06 de Agosto de 2020
Esportes
“Extremamente feliz” com fim da punição ao Manchester City, Pep Guardiola desconversa sobre renovação
14.07.2020
09:29
FONTE: GloboEsporte

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • “Extremamente feliz” com fim da punição ao Manchester City, Pep Guardiola desconversa sobre renovação

    Guardiola, Manchester City — Foto: AFP

Em entrevista coletiva nesta terça-feira, o técnico Pep Guardiola comemorou o fim da punição imposta pela Uefa que bania o Manchester City da disputa de competições europeias. O clube inglês tinha sido acusado de violação das regras do Fair Play Financeiro, além de não cooperar com a investigação.

 

- (Estou) extremamente feliz com a decisão (da Corte Arbitral do Esporte). Demonstra que tudo que diziam sobre o clube não é verdade. Defendemos o que vencemos em campo.Tal como disse várias vezes, se tivéssemos feito algo de errado, aceitaríamos a decisão da Uefa e do CAS. Podemos nos defender, temos esse direito, quando acreditamos que fizemos o que estava certo – afirmou Guardiola, que mandou indiretas na sequência:

 

- Seria bom (que as pessoas pararem de criticar), mas acho que não. O que aconteceu nos últimos anos, quantas pessoas vieram falar sobre nós. Eu adoraria dizer, olhar nos nossos olhos e dizer algo cara a cara, sair para o campo e jogar como rivais... E depois, se você nos vencer, apertaremos as mãos e os parabenizaremos. Eles têm que entrar em campo e nos vencer, isso é esporte. Podemos jogar a Champions na próxima temporada, porque o que fizemos é certo, é apropriado – sentenciou.

 

Perguntado sobre seu futuro no Manchester City, Guardiola, que tem contrato até junho de 2021, desconversou.

 

- Agora não é o momento certo (para falar sobre contratos). Um ano é muito, muito tempo para um treinador Eu estava feliz antes e estou agora. Temos tempo para conversar sobre isso. A minha situação pessoal estava clara, eu disse há um mês que ficaria, não importando se eu estaria na Champions. Algumas pessoas na Inglaterra sugeriram que deveríamos disputar a Championship (segunda divisão inglesa). Se fosse o caso, também teria ficado aqui – salientou o treinador espanhol.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO