Mato Grosso, 27 de Setembro de 2021
Economia / Agronegócio
Fórum debate caminhos para MT atingir o status de área livre de febre aftosa sem vacinação
14.09.2021
09:10
FONTE: Redação com Assessoria

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Reprodução

    Foto: Reprodução

As entidades que compõem a Equipe Gestora Estadual do Plano Estratégico 2017-2026 do Programa Nacional de Vigilância para a Febre Aftosa em Mato Grosso vão promover no dia 30 de setembro, das oito horas da manhã ao meio dia, o 4º Fórum Estadual de Vigilância contra a Febre Aftosa em Mato Grosso.

 

O evento será on-line, transmitido ao vivo pelo canal da Famato, Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso, no YouTube.

 

No Fórum serão debatidos os principais benefícios, desafios e oportunidades do Plano Estratégico 2017-2026, mais especificamente a retirada da vacinação contra a Febre Aftosa, tanto para o pecuarista como para toda a cadeia produtiva da carne. 

 

Em maio deste ano, parte do estado de Mato Grosso foi reconhecida pela Organização Mundial de Saúde Animal como zona livre de febre aftosa sem vacinação.

 

Entre os municípios estão Rondolândia e partes de Aripuanã, Colniza, Comodoro e Juína.

 

A meta do programa é que todo o estado seja considerado livre de febre aftosa sem vacinação.

 

O Fórum visa esclarecer dúvidas dos setores envolvidos na cadeia da carne sobre o tema e estreitar o bom relacionamento entre o produtor rural e o serviço de defesa animal, considerados os principais atores no processo de certificação de Mato Grosso como Livre de Febre Aftosa sem Vacinação.

 

O evento será dividido em dois painéis. No primeiro serão abordados os temas relacionados ao cenário nacional do Plano Estratégico, a experiência de estados que já estão livres sem vacinação e a conjuntura internacional do mercado da carne bovina.

 

 

O segundo painel vai debater assuntos sobre a vigilância sanitária, ações emergenciais em caso de foco e perspectivas das ações do Plano Estratégico 2017-2026 em Mato Grosso.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO