Mato Grosso, 27 de Julho de 2021
Esportes
Herança da Copa América | Variante colombiana do coronavírus é identificada em Cuiabá
13.07.2021
08:40
FONTE: Redação com Assessoria

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • Foto: Reprodução | Secom MT

    Foto: Reprodução | Secom MT

Ao menos uma nova variante do coronavírus que não circulava no Brasil foi introduzida no país por causa da Copa América.

 

Amostras colhidas em Mato Grosso com duas pessoas diferentes, que estavam com a doença, foram analisadas pelo Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo, que identificou a variante B. 1.216, até então inédita em território brasileiro.

 

A variante encontrada nos testes é originária da Colômbia, mas já chegou no Caribe, nos Estados Unidos e em algumas localidades da Europa.

 

Variantes de interesse, como a B 1.216, são aquelas mutações que precisam ser acompanhadas, mas que, até o momento, não trouxeram indicação de desenvolverem formas mais letais ou contagiosas da doença.

 

Os testes positivos foram de um colombiano e um equatoriano.

 

Colômbia e Equador jogaram na Arena Pantanal, em Cuiabá, na abertura do torneio, em 13 de junho.

 

A possibilidade de jogadores e delegações estrangeiras trazerem novas variantes do coronavírus foi um dos motivos para especialistas e autoridades criticarem a realização do torneio no Brasil.

 

O prefeito Emanuel Pinheiro considerou a confirmação da nova variante em Cuiabá uma “tragédia anunciada”.

 

“Quando me coloquei contra o evento, muitos me criticaram e tentaram politizar minhas ponderações. A realização de um megaevento esportivo, como uma Copa, é motivo de honra para qualquer cidade, mas em outra época”, afirmou Pinheiro. 

 

O prefeito cuiabano lembrou que este era o seu temor e que avisou sobre a possibilidade de isso acontecer. Por fim, disse que o Governo do Estado precisa ser responsabilizado, já que tomou esta decisão sem consultar o município.

 

“O município teria que ser ouvido e quem paga as consequências, agora, é a população. Eu gritei no deserto. Fizeram ouvidos moucos ao pleito”, lamentou Emanuel Pinheiro.

 

 

Após a confirmação de uma nova cepa do coronavírus em Cuiabá, o prefeito voltou a pedir ao Ministério da Saúde doses extras de vacina contra a covid-19 para a capital mato-grossense.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO