Mato Grosso, 30 de Setembro de 2020
Esportes
James Rodríguez, reforços do Chelsea... 10 novidades para ficar de olho no Campeonato Inglês
11.09.2020
08:49
FONTE: Globo Esporte

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

  • James Rodríguez, reforços do Chelsea... 10 novidades para ficar de olho no Campeonato Inglês

    Foto: ge

A bola vai rolar pelo Campeonato Inglês 2020/21 a partir das 8h30 (horário de Brasília) deste sábado, quando o Fulham, recém-promovido, recebe o Arsenal. Ainda sem jogos com os dois times de Manchester, com período maior de descanso após irem longe em competições continentais da última temporada, a primeira rodada contará com oito partidas até segunda-feira (veja o detalhamento abaixo).

 

Sábado

8h30 - Fulham x Arsenal

11h - Crystal Palace x Southampton

11h - West Ham x Newcastle

13h30 - Liverpool x Leeds

 

Domingo

10h - West Bromwich x Leicester

12h30 - Tottenham x Everton

 

Segunda-feira

14h - Sheffield United x Wolverhampton

16h - Brighton x Chelsea

 

Jogos adiados

Burnley x Manchester United

Manchester City x Aston Villa

 

Os times se movimentaram por reforços e mexeram com o mercado de transferências. O Chelsea, maior gastador, anunciou um pacotão, o Everton contratou velhos conhecidos do técnico Carlo Ancelotti, e outras novidades chegaram ao país. Com isso, o ge listou 10 nomes que jogarão a Premier League pela primeira vez e que merecem atenção. Confira:

 

Havertz (Chelsea)

O meia alemão de 21 anos, ex-Bayer Leverkusen, foi uma das grandes revelações recentes da Bundesliga. Segunda maior contratação da história do Chelsea (atrás apenas do goleiro Kepa), ele foi até aqui a maior entre as principais ligas para a temporada 2020/21: cerca de 80 milhões de euros.

 

Na última temporada, Havertz disputou 45 jogos, anotou 18 gols e deu nove assistências. Ele também tem sete jogos e um gol marcado pela seleção alemã.

 

Timo Werner (Chelsea)

Esperança de gols da equipe de Lampard, o atacante alemão de 24 anos deixou o RB Leipzig antes mesmo do complemento da Liga dos Campeões da Europa após a pandemia. Custou 53 milhões de euros aos cofres do Chelsea, e já estreou marcando em amistoso contra o Brighton.

 

Revelado pelo Stuttgart, Werner marcou 95 gols em 159 jogos pelo Leipzig nas últimas quatro temporadas. Pela seleção alemã, tem 12 em 31 partidas - esteve em campo como titular nos dois jogos pela Liga das Nações, contra Espanha e Suíça.

 

Ziyech (Chelsea)

Mais um reforço de peso, o marroquino de 27 anos, que esteve na última Copa do Mundo, custou 40 milhões de euros. O meia foi um dos destaques do Ajax na temporada em que clube holandês chegou à semifinal da Liga dos Campeões da Europa, em 2018/19.

 

Ziyech, que assim como Werner estreou em amistoso contra o Brighton entre os titulares, fez 31 gols em 84 jogos pelo Ajax nas últimas duas temporadas. Pela seleção de Marrocos, são 14 marcados em 33 partidas.

 

Thiago Silva (Chelsea)

Vice-campeão da Champions com o PSG, o zagueiro brasileiro de 35 anos (completa 36 ainda em setembro) deixou o clube do qual é ídolo após o término do contrato para ter sua primeira experiência na Inglaterra. Ele assinou vínculo por um ano, com a possibilidade de extensão por mais um.

 

Thiago Silva se junta a Rudiger, Christenssen e Zouma entre as opções de Lampard para a zaga. Outro contratado para o sistema defensivo foi Chilwell, lateral-esquerdo ex-Leicester.

 

James Rodríguez (Everton)

Depois de passagens por Portugal, França, Espanha e Alemanha, o colombiano de 29 anos chega com expectativa à Inglaterra para reencontrar Carlo Ancelotti, seu treinador nos tempos de Real Madrid e de Bayern de Munique.

 

Campeão espanhol em 2019/20, James teve números discretos no Real na última temporada: 14 jogos e apenas um gol. O meia foi contratado sem custos e assinou contrato de duas temporadas com o Everton.

 

Allan (Everton)

Outro conhecido de Ancelotti, com quem trabalhou recentemente no Napoli, o volante brasileiro de 29 anos custou 25 milhões de euros - foi a contratação mais cara do clube na temporada até aqui. O Everton também reforçou seu meio-campo com Doucoré, ex-Watford, por 22 milhões.

 

No novo clube, Allan se juntou a outros dois brasileiros: Bernard e Richarlison. O volante esteve no grupo da seleção brasileira que conquistou a Copa América e ainda foi usado por Tite em amistoso contra o Peru em setembro do ano passado.

 

Van de Beek (Manchester United)

Até o momento, o ex-Ajax é o único reforço do time de Solskjaer para a temporada. Também destaque do time que chegou à semifinal da Champions em 2018/19 - assim como Ziyech -, ele tem 23 anos e assinou por cinco temporadas. Custou 39 milhões de euros.

 

Van de Beek fez 27 gols em 94 jogos nas últimas duas temporadas pelo Ajax. Pela Holanda, realizou 12 partidas e ainda não balançou as redes. Foi titular na última partida, contra a Itália, pela Liga das Nações.

 

Gabriel Magalhães (Arsenal)

O zagueiro brasileiro de 22 anos, ex-Lille, foi o maior investimento da equipe para o próximo ano: 26 milhões de euros. Ele chega para brigar por vaga na defesa com nomes como David Luiz e Pablo Marí. Cedric, lateral-direito ex-Southampton, e Willian, meia ex-Chelsea, chegaram de graça.

 

Gabriel foi revelado pelo Avaí em 2016, e ainda passou por Troyes e Dínamo Zagreb antes de se destacar pelo Lille. Ele foi anunciado em um chat com dois dos novo companheiros de clube.

 

Ferran Torres (Manchester City)

O jovem atacante espanhol de 20 anos foi contratado por 23 milhões de euros junto ao Valencia. Assinou contrato por cinco temporadas e chegou ao novo clube empolgado pela oportunidade de trabalhar com Guardiola. O City, que vendeu Sané ao Bayern, ainda contratou o zagueiro Aké, ex-Bournemouth, por 45 milhões.

 

Torres fez seis gols em 44 partidas pelo Valencia na temporada 2019/20. Nesta Liga das Nações, fez seus dois primeiros jogos pela seleção da Espanha - foi titular no empate por 1 a 1 com a Alemanha e marcou no fim após sair do banco na goleada por 4 a 0 sobre a Ucrânia.

 

Fábio Silva (Wolverhampton)

Comprado junto ao Porto por 40 milhões de euros, o atacante de 18 anos foi a sétima contratação mais cara entre as principais ligas europeias. Ele chega para ampliar a legião de portugueses no elenco - que tem, entre outros, Rui Patrício, Rúben Neves, Podence e Diogo Jota.

 

Fábio Silva atuou por apenas uma temporada no time principal do Porto antes de se transferir. Fez três gols em 21 jogos.

IMPRIMA ESSA NOTÍCIA ENVIE PARA UM AMIGO

NOTÍCIAS RELACIONADAS
ENVIE SEU COMENTÁRIO